"Não existe nada, mas o Paraná está de portas abertas se ele ou outros empresários queiram vir". Essa foi uma das declarações do presidente interino Sérgio Molletta, após a despedida do Tricolor da Série B, na última semana. O mandatário paranista fez referência ao empresário Carlos Werner, que investiu no clube entre os anos de 2014 e 2017.

O Paraná busca uma reconstrução em uma temporada que promete ser complicada. O ano de 2021 para o Tricolor terá início já no final deste mês, com a estreia da equipe no Campeonato Paranaense. E até o momento, o clube não possui executivo de futebol e técnico definidos, o que dificulta a montagem da equipe.

Com isso, Molletta foi taxativo ao afirmar que o clube está de portas abertas para parcerias com empresários. Mesmo com a mudança da diretoria, entretanto, Carlos Werner ressalta que "não tem planos para interferir nos projetos do clube mais".

Sérgio Molletta (à direita) na despedida do Paraná da Série B. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Sérgio Molletta (à direita) na despedida do Paraná da Série B. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes. | Albari Rosa/Foto Digital/UmDois

"O Paraná precisa de investimentos fortes, alguém ou uma empresa maior e com mais experiência. Não estou em condições de tempo e dinheiro pra fazer esse trabalho", destaca o empresário. Apesar disso, Werner frisa que o momento é de união de todos os paranistas.

"O Paraná precisa de união. Acredito que todos devem ajudar ao grupo gestor buscando recursos imediatamente. Creio que o Paraná terá apoio", finaliza.

Participe da conversa!
0