Apresentado oficialmente pelo Coritiba nesta quinta-feira (4), o atacante Hernán Pérez se disse pronto para fazer sua estreia pelo clube. O jogador, de 33 anos, deve ser relacionado para o confronto com o Santos, marcado para a próxima segunda-feira (8), às 20h, no Couto Pereira.

Treinando com o elenco desde a semana passada, o atleta paraguaio já vai se sentindo à vontade. Muito também por conta de vários companheiros serem sul-americanos e falarem espanhol, mais especificamente o técnico Gustavo Morínigo e o volante Galarza.

"Na verdade, desde que cheguei não senti uma mudança muito radical. Tenho encontrado companheiros que falam espanhol e isso torna tudo mais fácil, tomando mate, tererê e isso faz eu me sentir em casa. A adaptação está fácil e espero que se transfira para o campo", afirmou ele, em entrevista coletiva.

O mais difícil está em controlar a ansiedade em entrar em campo e vestir a camisa alviverde. Pérez já acompanhou jogos do Coxa no estádio e afirmou que sempre tinha vontade de jogar no Brasil.

"Desde que cheguei em Curitiba estou com esta ansiedade para jogar. Contra o Santos é uma boa oportunidade para ajudar a equipe e espero que assim seja. Tenho vários companheiros da seleção do paraguai que jogam aqui e sempre falam dos campeonatos", acrescentou.

Hernán Pérez explica estilo de jogo e qualidades

Experiente, com ampla passagem pelo futebol europeu, principalmente na Espanha, Hernán Pérez se diz um polivalente no ataque, podendo atuar em diversas funções e também explicou quais são suas principais características.

"Eu joguei em várias posições na minha carreira, pela direita, pela esquerda, como ponta e sempre tive um nível muito alto. Minhas características são a velocidade, a mobilidade no campo, que é o que me define como jogador", finalizou o atacante.

Participe da conversa!
0