Com as confirmações das contratações do volante Jesus Trindade e do atacante Hernán Perez nos últimos dias, o Coritiba agora conta com seis estrangeiros em seu elenco profissional.

São três uruguaios (além de Trindade, o zagueiro Guillermo e o atacante Pablo Garcia), dois paraguaios (Perez e o meia Galarza) e um argentino (o atacante Adrián Martinez).

O número ainda pode chegar a oito, quando o clube confirmar o volante colombiano Juan Carlos Díaz e caso as negociações com o zagueiro venezuelano Jhon Chancellor avancem.

No entanto, nunca todos poderão ser relacionados para uma mesma partida do Brasileirão. O regulamento da CBF permite que, no máximo, cinco estrangeiros possam ir para um jogo - independentemente de serem titulares ou ficarem no banco -.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão

Desta forma, com os atuais seis sul-americanos no elenco, ao menos um vai acabar ficando de fora. Hoje, o mais cotado a ficar de fora das partidas seria Pablo Garcia.

O atacante, apesar de ter sido relacionado para oito das últimas 11 rodadas do Campeonato Brasileiro, não entrou em campo nenhuma vez. A última atuação foi na oitava rodada, na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no dia 29 de maio, quando entrou aos 38 do segundo tempo.

E se Chancellor assinar com o Coritiba?

Caso Chancellor seja contratado, e com Díaz à disposição, aí o técnico Gustavo Morínigo teria que sacar mais dois estrangeiros dos relacionados. Dos outros três que já estavam no elenco, Adrián Martinez é o que mais vem atuando, seguido por Guillermo, que tem nove partidas no Brasileirão, e Galarza, com seis.

Galarza, embora já tenha sido titular em três jogos, ainda não teve uma grande atuação. Diante de outras peças para o setor, como Bruno Gomes e Jesus Trindade, que chegaram agora, é provável que seja o sacado.

Já Juan Carlos Díaz, entre todos os reforços sul-americanos, é o que mais pode demorar a ganhar uma chance. Por ser jovem, o staff do atleta optou pela vinda dele para o Brasil para melhorar sua formação. Com isso, deve passar este primeiro momento mais por adaptação até ganhar, de fato, uma sequência.

De qualquer forma, aos poucos Morínigo vai ganhando opções para o elenco do Coxa. No total, o treinador conta com 37 jogadores à disposição. Com até 23 podendo ser relacionados, o comandante alviverde agora terá que escolher com mais dedo os que vão para as partidas neste segundo turno do Brasileirão.

Participe da conversa!
0