A vitória por 1 a 0 sobre o Cuiabá, nesta sexta-feira (3), na Arena da Baixada, marcou o melhor público do Athletico desde a volta da torcida às arquibancadas na pandemia. No total, 18.795 pessoas - sendo 17.523 pagantes - estiveram no estádio para empurrar o Furacão.

Até aqui, o melhor público eram os 15.193 no empate em 2 a 2 com o Flamengo, pelo Brasileirão. Desta vez, os atleticanos fizeram até campanha para lotar a Arena, o que não acabou acontecendo. No entanto, aqueles que foram, empurraram o time e ainda comemoravam a conquista da Copa Sul-Americana, aos gritos de "bicampeão".

"Eu sempre falei que o Athletico é muito mais forte. A Arena é o estádio mais próximo da primeira cadeira da linha lateral. É a Arena que mais vira um caldeirão em qualquer estádio do Brasil. E eu, sinceramente, estava esperando muito por esse momento, de ver essa Arena mais cheia, quase lotada. Para os jogadores é muito importante isso, porque a torcida joga junto, nós nos sentimos ainda mais fortes com a presença de um número grande de torcedores", disse o técnico Alberto Valentim em entrevista coletiva após a partida.

Nos últimos dias, muitos torcedores se associaram ao Athletico, uma vez que só os sócios poderão ir ao Joaquim Américo na final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, no dia 15 de dezembro. A procura vem sendo alta, formando filas para o cadastro.

Público na Arena da Baixada para Athletico x Cuiabá
Torcida fez festa na Arena.| Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes

Diante do Cuiabá foi a sétima partida do Furacão com público no ano. Além deste confronto e contra o Flamengo, o estádio contou com torcida contra Bahia (3.340 pessoas), Fluminense (1.521), Santos (7.196), Ceará (10.792) e Atlético-MG (6.873).

Participe da conversa!
0