Gestão interina

“Dança das cadeiras” do Paraná: Nova diretoria é formada por velhos conhecidos

Casinha é funcionário antigo do Paraná.
Casinha é funcionário antigo do Paraná.| Foto: Arquivo/Gazeta do Povo
  • PorLuana Kaseker
  • 10/02/2021 09:07

O Paraná promoveu uma reformulação na diretoria após a renúncia de Leonardo Oliveira. No entanto, a ideia de mudança fica só pelo nome dos cargos.

Os novos dirigentes que ocupam os cargos do Conselho Gestor neste momento, até que uma nova eleição seja realizada, são velhos conhecidos da torcida paranista. O UmDois Esportes explica essa "dança das cadeiras".

O presidente interino Sérgio Roberto Molletta assumiu o clube no fim de janeiro, após ter sido escolhido em uma reunião de emergência pelo Conselho Consultivo do clube. Moletta foi candidato a presidente do Conselho Deliberativo, pela “Integração Paranista”, mas a chapa acabou sendo derrotada pela "Chapa Luta & União".

Molletta já foi integrante do Conselho Consultivo do Paraná (2019/20) e de Comissões para Renovação do Estatuto e Eleitoral. Na história, também foi preparador físico ainda na época do Colorado, entre 1982 e 1984.

Sérgio Molletta assumiu o Paraná de forma interina. Foto: Rui Santos/Paraná Clube.
Sérgio Molletta assumiu o Paraná de forma interina. Foto: Rui Santos/Paraná Clube.

A "nova" cúpula do Paraná

Luiz Carlos Casagrande, o Casinha, é o primeiro vice-presidente da gestão. Figura bastante conhecida e muitas vezes determinante em chapas eleitas dentro clube, Casinha é funcionário do Tricolor desde a época do Pinheiros. Durante esses quase 40 anos, ele já passou por diversas funções, desde presidente, em 2015, após a renúncia de Rubens Bohlen, a locutor da Vila Capanema em dias de jogos.

Antes de ser escolhido para o cargo de vice-presidente, Casinha ocupava a presidência do Conselho Deliberativo na gestão 2018-2021. Em 2019, passou por uma situação de pressão da torcida paranista, que pediu sua renúncia do cargo. Sua imagem vem bastante desgastada com a torcida. No entanto, ele parece ter respaldo interno, pois sempre é escolhido para funções dentro do Paraná.

Outros dois nomes que formam a direção Tricolor também já ocuparam cargos em outras gestões, Oliveiros Machado Neto e Osman Luiz Tomasi. Único nome relativamente novo é o do 2º vice-presidente, Aryon Alex Cortiano.

Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.| Albari Rosa/Foto Digital/UmDoisEsportes

Oliveiros Machado Neto está no cargo de Superintendente Geral do Paraná desde o primeiro mandato de Leonardo Oliveira, em 2015. Braço direito do ex-presidente, Oliveiros, inclusive, assumiu o cargo de interventor do Ato Trabalhista após a renúncia. Já Osman Luiz Tomasi retorna ao cargo de Gestor Financeiro, posto que também ocupou durante o triênio 2015-2018.

A tendência é que a atual diretoria siga no comando o clube de forma provisória até que ocorra a eleição, em setembro. O Conselho Deliberativo segue discutindo o futuro disputa eleitoral.

Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.