O Paraná, enfim, vai estrear na temporada 2021. Após o adiamento dos jogos do Campeonato Paranaense, o time de Maurílio dará o pontapé inicial diante do Cianorte nesta quarta-feira (10), às 18h, pela Copa do Brasil. Mas, com tantos nomes novos, a equipe ainda tem muitas dúvidas.

O certo é que o treinador paranista tem mais opções para montar o time em relação àquela partida que seria a de estreia no Paranaense, contra o FC Cascavel. Os laterais Jaílson e Christiano, contratações vindas do exterior, por exemplo, já podem atuar. Mas há a possibilidade do zagueiro Hurtado ser improvisado na esquerda.

Os únicos atletas que ainda não foram regularizados no Boletim Informativo Diário (BID) são o goleiro Lucas Wingert e o volante Vico. O meia Maxi Rodríguez e o atacante Matheus Rodrigues ainda não foram apresentados oficialmente pelo clube.

Depois de quase um mês de preparação no CT Ninho da Galha, um provável Paraná para a estreia tem: Renan; Jaílson, Micael (Anderson Salles), Jeferson e Christiano (Hurtado); Mazinho, Ramires, Moisés e Lucas Abreu; Hugo Sanches (Juninho) e Da Silva.

11 inicial de Maurílio ainda tem dúvidas
11 inicial de Maurílio ainda tem dúvidas

Maurílio tem dúvidas no time titular do Paraná

Dos remanescentes de 2020, apenas o goleiro Renan está confirmado entre os titulares. As grandes dúvidas do treinador do Tricolor para o jogo ficam na zaga, entre Micael e Anderson Salles - este pode atuar também como primeiro volante -, e no ataque, com os novatos Hugo Sanches e Juninho.

"A gente está bem preparado. A gente vem trabalhando forte essa parte física e técnica. Estamos com bastante entrosamento já no time. Então, vamos com uma confiança muito grande para sair com a classificação", disse o atacante Da Silva, que será titular.

O Paraná vai estrear em uma partida com grande importância financeira. Só por participar da primeira fase, o Tricolor recebe R$ 560 mil e, se passar de fase, leva mais R$ 675 mil. No confronto contra o Cianorte, a equipe paranista precisa apenas de um empate para se classificar.

+ Mercado da Bola do Paraná: siga as contrações em tempo real

Participe da conversa!
0