O técnico André Jardine, enfim, teve todos os atletas à disposição em campo. Nesta terça-feira (20), a seleção brasileira masculina treinou com o elenco completo no Hodogaya Park, em Yokohama, pela primeira vez desde o período final de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2021.

O grupo foi reforçado pelo atacante Malcom, que se apresentou à seleção na segunda-feira, e o goleiro Brenno, este que havia sido impedido de viajar a Tóquio com a delegação na semana passada após testar positivo para Covid-19. Os resultados dos dois exames posteriores deram negativo e o goleiro foi liberado para entrar no Japão.

+ Olimpíada de Tóquio-2021: veja como assistir ao vivo na televisão e na internet

Na atividade, Jardine esboçou a escalação que deve enfrentar a Alemanha, nesta quinta-feira, às 8h30 (de Brasília). A imprensa pôde acompanhar somente 20 minutos da atividade. A tendência é de que o Brasil seja escalado diante dos alemães com: Santos; Daniel Alves, Diego Carlos, Nino e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho; Richarlison, Matheus Cunha e Antony.

+ Olimpíada de Tóquio-2021: veja o calendário com datas e horários dos eventos e marque na agenda!

A seleção treinará mais duas vezes com todos os 22 jogadores à disposição antes de encerrar a preparação para a estreia contra a Alemanha, adversário na final da última Olimpíada, em 2016, no Rio de Janeiro, onde o Brasil conquistou o sonhado ouro olímpico pela primeira vez.

O Brasil integra o Grupo D da competição e, além dos alemães, enfrenta na primeira fase a Costa do Marfim, neste domingo, às 5h30, e a Arábia Saudita, na quarta-feira que vem, às 5h.

+ Olimpíada de Tóquio-2021: todas as notícias dos Jogos!

Participe da conversa!
0