De virada, o Coritiba perdeu por 3 a 1 para o Fortaleza nesta quinta-feira (4), no Castelão, no último confronto direto que teria no Brasileirão. Além de quebrar a série de cinco jogos invicto, o resultado é desastroso para as já remotas chances do time paranaense evitar o rebaixamento.

Ricardo Oliveira marcou o gol coxa-branca, seu primeiro em 14 aparições pelo clube. Mas Nathan Silva, contra, e David, em um intervalo de menos de um minuto, ainda no primeiro tempo, e Wellington Paulista, na etapa final, decretaram o primeiro revés do técnico Gustavo Morínigo.

No final da partida, Rhodolfo e Wilson foram expulsos. O meia Sarrafiore calçou as luvas e ainda defendeu um pênalti cobrado por Wellington Paulista.

Agora, o vice-lanterna Coxa volta a ficar oito pontos atrás do primeiro rival fora da zona de rebaixamento, o Bahia, que soma 36. O Leão do Pici, por outro lado, subiu para 38, na 14ª colocação. Restam apenas quatro jogos (12 pontos) em disputa.

O Coritiba só entra em campo novamente daqui a nove dias, em 13 de fevereiro, quando visita o Santos, na Vila Belmiro. O tempo sem partidas é reflexo do adiamento da partida contra o Palmeiras, válida pela 35ª rodada, já que o Porco disputa o Mundial de Clubes.

Confira a classificação completa do Brasileirão!

O jogo

O Leão começou a partida com sua habitual pressão no Castelão. E quase colheu frutos logo de cara. Aos 5, David recebeu de Osvaldo, pegou mal na bola, mas viu Wilson, mesmo assim, fazer uma importante defesa com o pé.

Com três zagueiros e sem laterais de ofício – Mattheus Oliveira e Cerutti atuaram abertos –, o time de Morínigo descia suas linha e dava a bola para o Fortaleza. No ataque, Cerutti, Rafinha e Ricardo Oliveira esperavam um contragolpe.

Aos 26, Wilson salvou de novo, em chute de Igor Torres. E justamente no contra-ataque, Ricardo Oliveira recebeu em posição duvidosa, continuou a jogada e tocou para o gol na saída de Felipe Alves.

O impedimento foi assinalado, mas o VAR checou o lance e validou o primeiro gol do veterano em 14 jogos pelo Coritiba.

Só que a vantagem no placar desconcentrou os visitantes. E em poucos minutos o atacante David virou o personagem do confronto.

Veja como foi Fortaleza x Coritiba no tempo real do UmDois Esportes!

Aos 34, o camisa 9 recebeu livre, mas chutou no centro do gol e parou em Wilson. Oito minutos depois, ele disparou pela esquerda e cruzou na área. A bola bateu na coxa de Nathan Silva, que não conseguiu tirar o corpo, e igualou o duelo com um gol contra.

Segundos depois, logo na saída de bola, o Fortaleza virou. David usou a velocidade, saiu na cara do goleiro coxa-branca e concluiu com tranquilidade.

O jogo caiu de ritmo na etapa final. O calor nordestino só evidenciava o desgaste, percebido em diversas paradas para atendimentos de atletas, além de algumas confusões entre atletas.

Na bola, o Coritiba pouco criou para conseguir o empate. E nas poucas chances que teve, o Leão aumentou, aos 39, com Wellington Paulista. O atacante, livre na área, só tocou para o gol após a defesa paranaense ficar inerte, em mais uma fotografia da temporada alviverde.

Nos acréscimos, Rhodolfo cometeu pênalti ao abrir o braço para interceptar um chute e foi expulso – Wellington Paulista converteu, mas o VAR viu o goleiro Wilson se adiantar e mandou voltar a cobrança. O camisa 84 reclamou, levou o segundo amarelo e Sarrafiore foi para a meta.

Surpreendentemente, o argentino defendeu. O lance heroico, no entanto, não ajudou em nada na luta coxa-branca pela permanência e a queda está cada vez mais perto de ser concretizada.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
34ª RODADA
04/02/2021


FORTALEZA 3 x 1 CORITIBA

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias (Tinga), Paulão, Quintero (Wanderson) e Bruno Melo; Juninho, Felipe e Luiz Henrique (Mariano Vásquez); Osvaldo (Igor Torres), Wellington Paulista e David (Carlinhos). Técnico: Enderson Moreira.

Coritiba: Wilson; Rhodolfo, Nathan Ribeiro e Nathan Silva (Sarrafiore); Mattheus Oliveira, Hugo Moura, Matheus Galdezani (Matheus Bueno), Yan Sasse (Luiz Henrique), Rafinha e Cerutti (Nathan); Ricardo Oliveira. Técnico: Gustavo Morínigo.

Local: Arena Castelão, em Fortaleza.
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS).
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Michael Stanislau (RS).
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).
Gols: Ricardo Oliveira aos 26', Nathan Silva (contra) aos 42' e David aos 43 do 1º tempo; Wellington Paulista aos 38' do 2º tempo.
Cartões amarelos: Osman, Rhodolfo, Wilson, Rafinha e Sarrafiore (CFC); Paulão e Felipe (FOR).
Cartões vermelhos: Rhodolfo e Wilson (CFC).

Participe da conversa!
0