Foto: Fotos públicas/ Rafael Neddermeyer

Esta semana um amigo disse que ia colocar 50 dólares no site Poker Stars para jogar torneios de 10 dólares. Não precisa ser um gênio da matemática para saber que esta não é uma decisão sábia, já que ele quebrará se não ganhar nada em cinco torneios, o que é plenamente possível.

Utilizo o exemplo do meu amigo para falar de controle de bankroll, que significa controlar a quantidade de dinheiro que você tem para jogar. O valor muda de acordo com quem avalia, mas a maioria dos jogadores profissionais fala em ter no mínimo 100 vezes mais para poder jogar com tranquilidade.

Ou seja, se quiser jogar torneios de 10 dólares, o meu amigo precisaria deixar separado 1.000 dólares só para isso. Desta forma o jogador pode tomar as melhores decisões sem ficar pressionado pela possibilidade de perder o dinheiro e tem a possibilidade, a longo prazo, se for um bom jogador, de ganhar mais do que perder.

Como eu disse, alguns profissionais divergem sobre a quantidade necessária de dinheiro para começar a jogar. Mas, nas 15 dicas para melhorar o seu jogo já publicada na Gazeta do Povo, o profissional Daniel Almeida lembrou que “Só se deve colocar no jogo um dinheiro que esteja dentro do seu orçamento, um valor de inscrição que não faça falta na sua vida. Isso é fundamental para você tomar as decisões corretas”.

Mas, o caro leitor pode pensar, eu não tenho mil dólares para jogar! Então o negócio é apelar para mesas mais baratas, de um dólar, 50 centavos ou mesmo frerrol, as que são de graça, e ir subindo gradativamente. As mesas de graça, por sinal, são um bom jeito de você fazer o seu bankroll sem colocar dinheiro inicial nenhum e são encontradas em vários sites de poker e em casas de Curitiba.

Parece óbvio, mas fica aqui o lembrete mais uma vez: jogue dentro das suas possibilidades. Senão depois, se seguir o exemplo do meu amigo, não vai adiantar nada perder os cinco torneios e colocar a culpa na sorte.

Veja qual medalhista de ouro do vôlei foi homenageado em uma casa de poker de Curitiba

Entenda por que a prática de poker não é crime no Brasil

Coachs ensinam a vencer no pôquer

 

Participe da conversa!
0