Recentemente o paranaense Sérgio Brun, campeão brasileiro de poker em 2007, publicou o livro “A Mandala do Poker”. Nele, o escritor utiliza as suas experiências pessoais para explicar como jogar as várias fases de um torneio de poker.

Para adquirir a obra, é necessário acessar o site da Gráfica Monalisa. O custo é R$ 69,90. O Resenha do Poker teve acesso em primeira mão ao livro e traz agora as impressões.

Em 192 páginas, de uma maneira simples, didática e utilizando exemplos reais, o autor utiliza os vários círculos de uma mandala criada para orientar os jogadores. No anel mais externo, por exemplo, estão as principais mãos jogáveis divididas em grupos, com cada capítulo do livro explicando a melhor maneira de se aproveitar delas.

O Resenha do Poker agora tem Instagram! Siga

O anel seguinte, o intermediário, é o mais divertido. Nele estão os alertas que os jogadores de poker precisam ficar espertos para não caírem de um torneio. Usando exemplos populares, como o Fantasma, Harry Potter e o filme Troia, o leitor pode ficar esperto dos percalços que o jogo tem pela frente

A Mandala do Poker

Já no anel central é a hora de estudar as quatro fases de um torneio de poker. O autor preferiu para, de forma mais didática, chamar as fases de Terra, Fogo, Ar e Água. Cada uma tem seu regente animal e humano, o que ajuda o jogador a saber como se comportar em cada momento do torneio dependendo do seu número de fichas em relação a média.

Siga e curta o Resenha do Poker no Facebook

No centro está o homem viitruviano, mostrando que no final das contas tudo depende das decisões de jogador. Vale a pena ressaltar ainda o prefácio de Alexandre Gomes, o curitibano e primeiro brasileiro campeão mundial de poker, em 2008. Sem contar que cada página do livro tem no rodapé o nome folclórico de uma carta ou de um par de cartas. Um detalhe que faz toda a diferença.

No geral, a avaliação da obre feita por esse blog é ótima. Principalmente para os jogadores iniciantes ou intermediários, a mandala é útil principalmente porque utiliza de imagens para memorizar conceitos. Algo que funciona muito bem.

Obviamente que cada leitor pode discordar de alguma avaliação pessoal do autor, como a força de um AK ou o que é jogar certo. O que não muda o fato da obra deste paranaense precisar ser valorizada e recomendada.

Bem puxado, Brun!

Grupo no Whats

Como os leitores mais antigos do blog sabem, temos alguns grupos do WhatsApp onde divulgamos notícias do Resenha do Poker e focamos nas discussões de mãos com dúvidas. Nestes grupos bad beats não são bem-vindas! Para entrar basta acessar esse link. Qualquer problema, é só escrever para robsonm@gazetadopovo.com.br. É grátis. Se quer receber por e-mail as notificações de notícias, mandar críticas ou sugestões, este e-mail também é o caminho.

Leia Mais

Jogador de Curitiba vence 1.ª etapa do Brasileiro de poker e ganha R$ 330 mil
Disputa entre parceiros acaba com polícia e casa de poker fechada em Curitiba
Após maratona, estudante ganha a primeira etapa do Circuito Resenha do Poker
Paladino, a voz do poker no Paraná, decide mudar para carreira inusitada
Com R$ 1,5 bilhão, Brasil é o quarto país que mais ganhou na história do poker
Conheça as casas de poker de Curitiba

 

Participe da conversa!
0