Na última sexta-feira de todo mês um grupo de nove senhoras, entre 63 e 47 anos, se reúne em Curitiba. Há aposentadas, corretoras, empresárias e outras profissões. Mas o mais inusitado nessa história que o motivo é para jogar poker.

A iniciativa surgiu há alguns anos, após algumas aprenderem a jogar nas temporadas nas praias com a família. Uma ensina para outra, convida uma amiga próxima e logo surgiu o “Poker das Meninas”, formado pela Ane, Cintia, Cirlei, Iracema, Gislaine, Rita, Lourdes, Marisa e Cida.

Siga e curta o Resenha do Poker no Facebook

“Eu adoro. Desde começo achei interessante. Além de jogar, você conversa de tudo, se distrai do mundo, a companhia é muito boa”, conta Maria de Lourdes Guedes Domingues, 61 anos.

Neste home game o dinheiro na verdade é o que menos importa. Tanto que cada uma gasta apenas R$ 20 por mês, sendo R$ 10 para o jogo do dia e mais R$ 10 para uma caixinha que termina premiando as melhores no ranking no final do ano. Com direito a mais confraternização.

“A gente tem um coffe break, começa de tarde, e vai até umas 21h, 22h, dependendo dos compromissos. É cada vez na casa de uma, por isso é inviável fazer um grupo muito grande. Mas é muito divertido”, conta Cida Maria, 63 anos.

O exemplo do “Poker das Meninas” encaixa-se perfeitamente na campanha recente da Confederação Brasileira de Texas Holdem (CBTH) intitulada “Jogue poker, faça amigos”. Apesar de tudo que envolve o mundo do poker, com grandes prêmios e muito estudo dos profissionais, a diversão é o que mais importa, é o fundamento para o jogo existir.

E essas jogadoras amadoras de Curitiba mostram muito bem isso! O que importa é se divertir com os amigos, independentemente do sexo e da idade. Parabéns para elas!

Quer falar sobre poker?

Este ano criamos o grupo do Resenha do Poker no WhatsApp, em que o foco é estudar mãos de poker e divulgar notícias do Resenha. Neste grupo bad beats não são bem-vindas!

Quer evoluir junto com a gente? Mande seu telefone para robsonm@gazetadopovo.com.br. É grátis. Se você quer receber por e-mail as notificações de notícias, mandar críticas ou sugestões, este e-mail também é o caminho.

Leia Mais

Relógio para acelerar o jogo é a novidade em torneio de R$ 100 mil em Curitiba
Paranaense campeão brasileiro de poker fatura R$ 101 mil na Argentina
Morte de mãe e filho após poker. A culpa é do jogo?
Torneio “Top do Brasil” terá quatro paranaenses. Veja quem são
Curitibano revela como conseguiu ganhar R$ 3 milhões e fazer história no poker

 

Participe da conversa!
0