Esta segunda-feira (24) foi histórica para o poker paranaense e brasileiro. O curitibano Yuri Martins foi campeão do Evento 51 ($2.500 de entrada, Mixed Stud Hi-Lo, Omaha Hi-Lo) do World Series of Poker (WSOP), considerado o Mundial de poker, que ocorre em Las Vegas.

Além da almejada conquista mundial, Yuri ganhou US$ 213.750, o equivalente a cerca de R$ 820 mil. Este foi o sexto bracelete da história do Brasil e o segundo de um paranaense. Para completar o cenário glorioso, pela primeira vez na história o Brasil ganha mais de um bracelete na mesma edição, pois já tinha sido campeão esse ano com Murilo Figueredo.

Divulgação/WSOP
Divulgação/WSOP

O jogador conversou com o site Super Poker após a conquista (veja o vídeo no final da matéria) e comentou sobre a sensação da conquista. “É indescritível. É o sonho de todo jogador. Dinheiro vai e vem, mas essas conquistas são eternas. Eu sou um felizardo e ter essa conquista tão especial“, contou.

O Resenha do Poker agora tem Instagram! Siga

Para o Resenha do Poker é uma honra muito grande poder escrever essa matéria, já que desde o nascimento do blog o Yuri Martins é um dos jogadores que mais aparecem por aqui com grandes resultados. Ele é a prova concreta que a dedicação nos estudos e em conhecimento no poker dão resultado.

Entre as diversas matérias que o jogador profissional já apareceu por aqui está o vice-campeonato mundial online, em 2014, além de outras conquistas online e até o planejamento de lucrar R$ 1 milhão em 2017 com poker. Fuçando ainda mais nos nossos arquivos, achamos até uma matéria de 2016 com Alexandre Gomes, o outro curitibano que já tem um bracelete, apontando o Yuri como um favorito para ter essa conquista. Demorou três anos, mas ele conseguiu.

Siga e curta o Resenha do Poker no Facebook

“Eu sou fissurado, muito apaixonado pelo jogo, obcecado, Vou continuar estudando e jogando, que é o que me faz feliz. Quero conquistar o maior número de títulos possível”, disse ao Super Poker o campeão. Ele ainda fez questão de agradecer a torcida que, seja lá em Las Vegas ou aqui em Curitiba, torceu muito para esse merecido título.

“Obrigado a torcida, muita gente estava torcendo até tarde, acordado”, ressaltou. “Não desistam. O poker não é fácil, ele é cheio de altos e baixos. Independente de como bom você é, você vai passar por fases terríveis e muito boas. O que importa é se dedicar, se entregar ao poker, ser obcecado como eu disse. Não tem erro. Se você estudar, amar, jogar e volumar a sua hora vai chegar. Hoje eu vou comemorar porque a minha chegou”, encerrou Yuri Martins.

Comemore mesmo! Você merece, campeão! Um orgulho para todo o poker paranaense e brasileiro.

Grupo no Whats

Como os leitores mais antigos do blog sabem, temos alguns grupos do WhatsApp onde divulgamos notícias do Resenha do Poker e focamos nas discussões de mãos com dúvidas. Nestes grupos bad beats não são bem-vindas! Para entrar basta acessar esse link. Qualquer problema, é só escrever para robsonm@gazetadopovo.com.br. É grátis. Se quer receber por e-mail as notificações de notícias, mandar críticas ou sugestões, este e-mail também é o caminho.

Leia Mais

Do sonho ao último desejo: a importância do Mundial de poker

Confira a programação completa do Mundial de Poker!

Como um profissional de poker se comporta diante de grandes torneios

Participe da conversa!
0