Um assunto que sempre causa polêmica nas casas de poker é a cobrança a mais quando o cliente vai pagar com cartão de débito ou crédito. A conduta inclusive foi oficializada recentemente pelo BSOP, o Brasileiro de Poker, que cobrará 3% a mais para os pagamentos em débito e 6% a mais para cartões de crédito a partir da próxima etapa, que começa na quinta-feira (23), em São Paulo.

Siga o Resenha do Poker no Facebook

Mas isso é legal? Para ter certeza sobre o assunto, o Resenha do Poker procurou o Procon do Paraná e obteve a seguinte resposta: “Em atenção à sua consulta informamos que infelizmente por causa da normativa o fornecedor pode efetuar essa cobrança”.

Essa normativa é a Medida Provisória 764, de 26 de dezembro de 2016. Nela está explícito, no artigo 1º, que “fica autorizada a diferenciação de preços de bens e serviços oferecidos ao público, em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado”.

Em resumo, as casas de poker podem sim cobrar a mais por pagamentos em cartão. Como diz o Procon, “infelizmente”.

Novidades
Quer receber antes de todo mundo as novidades do Resenha do Poker? Sugestões de matérias, críticas? Mande um e-mail para robsonm@gazetadopovo.com.br

LEIA MAIS

Poker ajuda na reabilitação de pacientes em hospital
Paranaense ganha R$ 286 mil em torneio de poker no Panamá
Próxima novela das 9 pode aumentar o preconceito com o poker
Evento nacional que une poker e entretenimento será em Curitiba
Casa de poker abre curso para dealers. Saiba o salário e como é a profissão
Descoberto o motivo do jogador misterioso não aparecer
Aprenda a jogar poker em menos de três minutos

Participe da conversa!
0