Foto de perfil de Cristian Toledo

Cristian Toledo

Ver mais
Opinião

Coritiba x Bragantino: empate desanimador para o Coxa

Coritiba x Bragantino
Rafinha diante de Luan Cândido, num raro momento de Coritiba x Bragantino em que o camisa 7 conseguiu jogar como gosta.| Foto: Albari Rosa/Foto Digital
  • PorCristian Toledo
  • 05/12/2020 22:55

Era para Coritiba x Bragantino ser o começo da arrancada para a fuga do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Mas não foi, de novo. Com outra atuação muito fraca, o Coxa pode até ficar satisfeito com o resultado de 0x0 com o Massa Bruta, na noite deste sábado (5), no Couto Pereira. Wilson, mais uma vez, foi decisivo para garantir um resultado alviverde. Só que o empate deixa o time empacado na ZR.

OUÇA: Jota Júnior é o convidado especial do podcast De Letra

Diante de um adversário tecnicamente superior, o Coritiba não conseguiu se impor um minuto sequer na partida. Teve poucas possibilidades de gol, sofreu para parar os visitantes e ainda levou uma pressão no final da partida. Com apenas 21 pontos e 14 partidas para jogar, o Coxa terá que ter aproveitamento de campeão para escapar da degola, o que vai ficando difícil de acreditar.

Bragantino x Coritiba: as escalações

O Coritiba tinha uma aposta definitiva na experiência. Com Wilson, Rhodolfo, William Matheus, Rafinha e Ricardo Oliveira, eram cinco jogadores acima de 30 anos. E os outros titulares eram todos rodados (Maílton era o 'novato' da turma), numa decisão de Rodrigo Santana que, indiretamente, dividia a responsabilidade com os veteranos. Fazia sentido, ainda mais que eles também poderiam ser considerados as referências técnicas do elenco.

ELEIÇÃO: Como ficará o futebol do Coritiba?

Taticamente, havia poucas mudanças. A principal diferença para outras rodadas era a formação mais ofensiva do meio-campo. Apenas com Matheus Sales como marcador clássico, a expectativa era que Matheus Galdezani e Mattheus Oliveira se aproximassem do trio de ataque. Só que o Coxa não poderia se desproteger, pois o Bragantino também vinha para atacar, com Claudinho no meio e três atacantes.

Bola rolando

Não demorou muito para o Coritiba perceber que seria difícil controlar o jogo. Com Claudinho, Ytalo, Lucas Evangelista e Morato pressionando a saída de bola alviverde, o Bragantino rapidamente tomou conta da partida e começou a fazer Wilson trabalhar. Mesmo como mandante e tendo que vencer, o Coxa tinha como opção mais viável o contra-ataque.

Rodrigo Santana sofrendo ao ver o Coxa pressionado. Foto: Albari Rosa/Foto Digital
Rodrigo Santana sofrendo ao ver o Coxa pressionado. Foto: Albari Rosa/Foto Digital

Mas, na maior parte do tempo, os donos da casa estavam acuados. Rafinha e Robson estavam lá atrás, ajudando os laterais. Ricardo Oliveira estava totalmente isolado, sem ter com quem tabelar. O Massa Bruta não conseguia finalizar muito, mas o jogo era jogado dentro do campo do Coritiba. A ponto de Morato perder um gol inacreditável após uma saída de bola errada de Sabino.

O primeiro tempo terminou com o domínio do Braga e o Coxa com dificuldades em jogar. E o intervalo não mudou o panorama. Os alviverdes não conseguiam se posicionar ofensivamente, sofriam para fazer a bola chegar no ataque. E Wilson trabalhava para salvar a pátria.

Drama

Coritiba x Bragantino ia ficando dramático - tanto pelo correr do tempo quanto pela incapacidade do Coxa em conseguir chegar perto do gol de Cleiton. Apesar de não ter um domínio completo, o time visitante ia rondando a área alviverde. Ora era um chute de longe, ou uma sobra perto de Wilson ou uma série de escanteios. Aí Rodrigo Santana resolveu mexer - Yan Sasse e Lucumí nas vagas de Rafinha e Mattheus Oliveira.

Era uma nítida queda de qualidade, que não parecia que surtiria efeito. De fato, o Coritiba seguiu dentro de seu campo, pressionado pelo Massa Bruta. Pablo Thomaz e Osman foram chamados, entrando nos lugares de Ricardo Oliveira e Robson. Rodrigo Santana mexeu em todo o ataque. Mas não adiantava. Com outra atuação ruim, o Coxa novamente não merecera vencer. E a situação vai ficando, jogo a jogo, mais complicada.

Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.