O técnico do Athletico, Alberto Valentim, não caiu nas graças da torcida rubro-negra. Com uma vitória, um empate e duas derrotas na chegada ao Furacão, o treinador trabalha pressionado pela torcida. Após a derrota para o Fluminense pelo Brasileirão, Alberto Valentim voltou a falar sobre as cobranças. Para ele, o resultado dessa rodada - definido por um gol contra de Zé Ivaldo - foi injusto.

“O torcedor fica muito insatisfeito quando o resultado não vem principalmente dentro de casa. Se tratando de um time grande, um time que está próximo de uma semifinal na Copa do Brasil, finalista da Sul-Americana, a expectativa é de vir na Arena e querer a vitória. Hoje foi uma derrota injusta, nós não merecíamos. O Fluminense praticamente não criou nada”, justifica o técnico.

Veja a classificação do Brasileirão!

Mesmo considerando o resultado injusto, Valentim voltou a atribuir a responsabilidade da sequência ruim aos jogadores que, segundo o comandante, precisam ‘se entregar mais’.

“Nós podemos dar mais. Falei já na última partida, podemos dar mais individualmente, independente de quem joga, e também coletivamente. Fizemos para essa partida dois treinos muito bons. Hoje não merecíamos perder apesar da equipe não ter feito uma brilhante partida, mas as chances mais claras foram nossas. O Fluminense acha um gol numa bobeira nossa. Mas é ter tranquilidade, trabalhar mais ainda, procurar fazer com que os jogadores se entreguem mais. Não é uma frase feita, é uma verdade”, reafirma.

Nesta segunda-feira (18), o Athletico inicia a preparação para o jogo contra o Flamengo, pela semifinal da Copa do Brasil. A partida acontece nesta quarta-feira (20), às 21h30, na Arena da Baixada.

Participe da conversa!
0