O técnico Alberto Valentim cobrou mais atenção e admitiu rendimento aquém do esperado do Athletico no empate com a Chapecoense, por 1 a 1, nesta quarta-feira (13), na Arena Condá. Diante do lanterna do Brasileirão, a equipe sofreu na criação, saiu atrás do placar e buscou o empate somente nos minutos finais da partida.

"A atuação foi abaixo daquilo que nós queríamos. Não conseguimos transformar muitas das nossas jogadas em finalizações. Depois acabamos sofrendo o gol no segundo tempo. A equipe não voltou bem, os jogadores poderiam dar mais, pela qualidade deles e pela forma como já vinham atuando antes. Agora é tentar corrigir para o final de semana, independente de quem vai jogar, para fazermos um jogo melhor na Arena", cobrou Valentim.

Veja a classificação do Brasileirão!

Valentim também comentou sobre as mudanças promovidas na equipe após ficar atrás no marcado e enalteceu a participação de Khellven e Christian, que saíram do banco de reservas, no gol de empate.

"Sempre falo que os jogadores que entram no decorrer do jogo são importantes, pois precisa elevar o nível ou igualar se a equipe não estiver bem. Eles entraram bem e deram maior ofensividade para a equipe", elogiou o treinador.

O empate com a Chapecoense foi o segundo jogo consecutivo da equipe sem vitórias contra adversários do Z-4. Antes, no último fim de semana, o Furacão tropeçou em casa diante do Bahia.

Agora, o Furacão volta a campo no domingo (17), às 16h, diante do Fluminense, na Arena da Baixada, em duelo pela 27ª rodada do Brasileirão.

Participe da conversa!
0