O técnico António Oliveira minimizou as dificuldades do Athletico nos confrontos contra o Avaí e valorizou a classificação citando os tropeços de Palmeiras e Cruzeiro para equipes menores na Copa do Brasil.

O Furacão alcançou as oitavas de final depois de um empate fora de casa e uma vitória por 1 a 0 na quarta-feira (9), na Arena da Baixada. Vitinho marcou o gol antes do primeiro minuto e o time encontrou dificuldades para ampliar. Na maior parte do tempo, foi a equipe catarinense quem controlou a partida.

"Nossas análises não podem ir do 8 para o 80 ou do 80 para o 8 de um dia para o outro. Depois do jogo contra o Juventude, éramos o Barcelona. No jogo contra o Avaí, que é um jogo eliminatório, tem outras características. Vimos equipes grandes, como Cruzeiro e Palmeiras, serem eliminadas para equipes de escalões inferiores. Temos que, acima de tudo, respeitar. Hoje em dia, não existem jogos fáceis", afirmou Oliveira.

"As equipes se preparam, têm bons treinadores, têm bons jogadores, têm um mínimo de organização e tentam explorar os espaços que o adversário deixa. Temos que respeitar o adversário, porque não jogamos contra marionetes. E, em 13 jogos, já temos 11 vitórias. Isso é mérito dos jogadores", acrescentou.

Oliveira justifica recuo do Athletico após gol: "É um jogo eliminatório"

O Athletico de António Oliveira também tem sido marcado por vencer partidas pelo placar magro, alinhado com o velho "saber sofrer" de Paulo Autuori. Isto aconteceu diante do Avaí, mas o treinador quis deixar claro que o recuo da equipe aconteceu de forma natural, por se tratar de um confronto eliminatório.

"Há uma coisa que as pessoas têm que saber, nós marcamos um gol logo no início do jogo e ninguém mandou a equipe recuar. Agora, nós temos que perceber que os jogadores têm sentimentos, eles sabem que tipo de jogo é. É um jogo eliminatório, não é um jogo que podermos arriscar e depois levar o empate e perder. Temos objetivos muito claros em cada competição. E nosso objetivo é estar em todas as decisões", finalizou Oliveira.

O Furacão volta a campo agora contra o Grêmio no domingo (13), às 16h, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Já o adversário das oitavas de final da Copa do Brasil será definido por sorteio.

Participe da conversa!
0