A diretoria do Paraná e o técnico Omar Feitosa não escondem que o clube segue atento ao mercado da bola para eventuais reforços na sequência da Série D.

Mas eles não serão o meia Guilherme Biteco e o atacante Alemão, que já tiveram passagens pelo clube e vinham sendo pedidos por alguns torcedores. Pelo menos neste momento da temporada.

"Hoje não. Nenhum interesse. Mas futebol é hoje. Amanhã a história pode mudar", declarou Feitosa em entrevista coletiva na Vila Capanema na tarde desta quinta-feira (9).

+ Confira a tabela do Paraná na Série D

Segundo Feitosa, o elenco do Tricolor está bem equilibrado e sem carências. No entanto, ele cita possíveis lesões e suspensões como fatores para a atenção a possíveis reforços.

Além disso, o técnico afirma que eventuais reforços também virão caso uma oportunidade "acima do bem e do mal" apareça.

"O olhar sobre o mercado a gente tem que ter sempre. O jogador sabe que as equipes têm este olhar para o mercado. Não pode fechar os olhos. Porque nosso time pode melhorar. E porque a competição ainda tem mais seis semanas", explicou.

"Tem que ter no radar jogadores para uma eventual emergência [de lesão ou suspensão]. E um ou outro 'acima do bem e do mal', que os próprios jogadores olhem e saiba que este cara tem que jogar", reforçou.

Alemão e Biteco subiram com o Paraná para a Série A

Biteco grua a bola à cabeça em treino do Paraná. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Arquivo/UmDois
Biteco grua a bola à cabeça em treino do Paraná. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Arquivo/UmDois| Albari Rosa / Foto Digitala / Fo

Alemão, 33 anos, fez parte do elenco do Paraná que obteve o acesso em 2017 e ficou querido pela torcida. Neste ano, ele fez bom Estadual pelo finalista Maringá e chegou a ser procurado pelo Tricolor, mas preferiu aceitar uma proposta do Confiança para jogar a Série C. Ele ainda não estreou pelo clube.

Já Biteco, 28 anos, também estava no elenco do acesso em 2017 e, depois, voltou ao clube em 2020 e 2021. Apesar de mostrar qualidade técnica, teve a carreira atrapalhada por seguidas lesões. O meia disputou o Estadual pelo Rio Branco e atualmente está no Barra, de Santa Catarina.

Participe da conversa!
0