O técnico Silvio Criciúma desabafou sobre a situação do Paraná. Depois da derrota por 2 a 0 para o Figueirense, o treinador admitiu que todos os problemas do clube, com indefinição da sequência da parceria, atrasos salariais, saídas constantes de atletas e mudanças na diretoria, afetam o time dentro de campo.

"O momento é ruim de cima para baixo e acaba refletindo no grupo. Mas é somente o atleta que pode reverter a situação, com resultados, com vitórias. Cabe a mim levantar o astral. A gente já está ficando com o grupo reduzido, pelas saídas. A falta de resultado, com a dificuldade na administração, com o que diz respeito à diretoria, à parceria, à eleição, são interrogações", declarou em entrevista à rádio Banda B.

Veja a tabela da Série C!

O grande problema do clube atualmente é em relação à parceria com a FDA Sports. Sem receitas para o ano, o Paraná fechou contrato com a empresa, que fez o primeiro aporte, mas disse não ter mais recursos para manter o vínculo.

Com isso, o Tricolor segue de mãos atadas e buscando uma solução. Os salários dos atletas e funcionários seguem atrasados, com jogadores deixando o clube a cada semana. Paralelo a tudo isso, uma nova diretoria foi eleita e tenta buscar caminhos antes mesmo da posse.

"Eu não contava com o momento negativo ao longo desses jogos, com desrespeito também a administração. Até então, a informação era da questão salarial ajustada e isso fugiu do controle, que não é segredo para ninguém. Não vou usar como desculpa, mas é mais uma barreira para ajustar. Eu falo pelo grupo de atletas, eles estão se entregando na medida do possível. Preciso de mais lideranças, mais atletas para dar a cara para bater", desabafou Criciúma, que ainda não vencer sob o comando do Paraná: com um empate e duas derrotas.

Criciúma pede apoio da torcida "Que o torcedor tenha esperança e não desanime"

O Tricolor tem no próximo compromisso contra Ituano no sábado (21), às 19h, na Vila Capanema, a esperança para uma reação. Para sair da zona da degola, o time precisará vencer e torcer por uma derrota do São José na rodada. Silvio Criciúma pediu que a torcida não desista do clube.

"Eu preciso conviver com a realidade, e a realidade é procurar o melhor meio para buscar resultado. Eu fiz três jogos com três equipes diferentes por opção, suspensão, mas vamos viver dia a dia. Volto a falar com o torcedor, que tenha esperança, que passe bons fluídos e não desanime", finalizou.

Participe da conversa!
0