O Paraná criou um comitê para avaliar as exigências para virar um clube-empresa no futuro. Segundo informações apuradas pelo UmDois Esportes, o presidente Rubens Ferreira e o vice Ailton Barboza estiveram no Rio de Janeiro, na última semana, para uma reunião com um escritório de advocacia, que irá auxiliar o Tricolor na formação do "Paraná S/A" e na prospecção por investidores.

A expectativa é que o comitê apresente o projeto para os conselheiros do clube nos próximos dias. Recentemente, os sócios do Athletico aprovaram a mudança para que o Furacão se torne um "clube-empresa".

Em entrevista coletiva, a diretoria do Coritiba também ressaltou que está nos planos do Coxa a mudança para Sociedade Anônima do Futebol.

Em grave crise financeira e afundado na Série D do Campeonato Brasileiro, o Paraná vive um fim de novembro movimentado, já que precisa da renovação do Ato Trabalhista e também está na expectativa por fechar uma parceria com uma empresa para o departamento de futebol.

Até o momento, o clube não apresentou nenhum reforço para a temporada de 2022 e também não se reapresentou, já que possui poucos jogadores com contrato.

Participe da conversa!
0