O Paraná Clube venceu o Oeste em duelo de rebaixados na tarde deste sábado (25). A partida aconteceu na Vila Capanema, em Curitiba, e terminou em 4 a 0. Na 18ª rodada, foi a primeira goleada da equipe.

Dos quatro gols, três foram de atletas com menos de 25 anos. Léo Pettenon tem 21 anos, subiu da base; Ebere e Gabriel Correia completaram 23 anos neste ano. Após a partida, o técnico Jorge Ferreira elogiou as opções mais jovens e voltou a reforçar o discurso da nova diretoria de investimento na base.

“Só vão estar preparados se dermos oportunidade. O treino é muito diferente do jogo, da pressão do jogo, das circunstâncias que o jogo oferece. Não tenho dúvida que é o caminho do Paraná esses atletas mais jovens, com trabalho - porque o trabalho precisa existir de forma séria, de forma organizada - vão dar um retorno positivo”, disse Jorge Ferreira.

O comandante, por outro lado, reconheceu que não só de jovens se faz um time: “Não podemos ter um elenco de atletas de 20, 21 anos. Vamos precisar de atletas mais experientes. Precisamos de um alicerce para que esses atletas possam se desenvolver melhor. Somente com jovens não vamos conseguir atingir todos os objetivos. Mas repito: o caminho é a base”.

Sobre o futuro, Jorge Ferreira afirmou que uma reunião na próxima semana vai definir a permanência ou não do treinador. Para ele, quanto antes o trabalho começar visando a temporada 2022, melhor. “Temos que tirar coisas boa dessa situação e talvez essa seja uma das únicas: tempo de trabalho. E esse tempo de trabalho precisa ser utilizado da melhor forma possível para a temporada que vem”, afirmou.

A torcida paranista só reencontra o time em campo daqui quatro meses no Paranaense 2022. Na Série D de 2022, o Paraná poderá reencontrar o Oeste, que estava junto com o tricolor na Série B em 2020 e estará junto na Série D na próxima temporada.

Participe da conversa!
0