Piazada da Vila

A base vem forte? As principais apostas caseiras do Paraná para a temporada 2021

Lucas Sene é uma das principais apostas para a temporada 2021.
Lucas Sene é uma das principais apostas para a temporada 2021.| Foto: Rui Santos/Paraná Clube
  • PorLuana Kaseker e Diogo Souza
  • 10/02/2021 12:13

O Paraná encontrou na base boas soluções na temporada passada. Apesar da queda à Série C, o time teve nomes que se destacaram e que renderam frutos financeiros para o Tricolor, como o volante Carlos Dias e o criticado atacante Andrey.

Com 2021 cheio de desafios e após a debandada de jogadores que deixaram o clube, a base pode ser uma solução novamente, principalmente, neste início de temporada. O técnico Maurílio falou que pretende olhar bastante para os garotos e já deixou claro que, aqueles que já estavam integrados com o time principal, seguirão ganhando chances.

"Pretendemos dar uma atenção grande à base, sim. Como nós (eu e o Ageu), surgimos da base, acho que todo atleta merece uma oportunidade. Já de início, aqueles que já vinham trabalhando e ganharam esse espaço ano passado, vão permanecer com a gente", disse em entrevista coletiva no último sábado (6).

Apostas da base na última temporada

Quatro nomes das categorias de base tiveram mais oportunidades pelo Paraná em 2020: os volantes Carlos Dias e Jhony Douglas, o meia Gabriel Pires e o atacante Andrey. Desses, três já não estão mais no Paraná. Casos de Carlos Dias, Jhony Douglas e Andrey.

Carlos Dias foi lançado ainda por Allan Aal no Paranaense, mas atuou apenas por 10 jogos com a camisa tricolor. O jovem despertou a atenção do Apoel, do Chipre, e foi vendido no meio da temporada.

Carlos Dias jogou pouco no Paraná e logo foi negociado. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Carlos Dias jogou pouco no Paraná e logo foi negociado. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.| Albari Rosa / Foto Digital

Já o atacante Andrey teve um bom início de temporada, assim como o Paraná, mas pouco rendeu na reta final. No entanto, também foi vendido, para Khor Fakkan, dos Emirados Árabes Unidos, e ajudou financeiramente o clube.

Jhony Douglas, que deixou o Tricolor após o fim do contrato e foi para o Coritiba, atuou em 31 jogos e fez três gols. Gabriel Pires também foi sempre acionado, atuando em 28 partidas e marcando um gol.

Esperança do Tricolor para 2021

Para essa temporada, o Paraná deve olhar ainda mais para sua base. Com poucos atletas à disposição, principalmente, nesse início de ano, nomes que surgiram às pressas nos últimos jogos da Série B, devem ganhar mais oportunidades.

"É um ano um pouco atípico para o clube. Acredito que seja uma temporada em que alguns atletas da nossa base possam transformar as dificuldades em oportunidades. Nós vemos alguns nomes em potencial. É claro que alguns atletas precisam de um pouco mais de tempo e outros vão dar o resultado imediato, como foi com o Carlos Dias no ano passado", destaca o técnico Jorge Ferreira, que comanda o time de aspirantes.

Kriguer também esteve no elenco principal no ano passado. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Kriguer também esteve no elenco principal no ano passado. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.| Albari Rosa / Foto Digital

O zagueiro Guilherme Lacerda (que ainda não atuou) e os atacantes Lucas Sene (dois jogos) e Mikael (um jogo) podem ser os pontos de partida para novas revelações. Além deles, o técnico Maurílio ainda deve contar com os laterais Paranhos e Bryan, o volante Kriguer e o meio-campo Castanha.

"O Lucas Sene tem um bom tempo de base, é um atleta que desenvolveu muito nesse período de base. Tem boa visão de jogo, é organizador, tem bom passe e finalização. O Guilherme Lacerda tem boa estatura, boa força e pode dar um bom retorno. O Bryan tem força física, apoia muito bem. O Castanha é um 10. Na base, nós costumávamos falar que era um dos atletas com mais qualidade. O Paranhos é um lateral de força também. O Ruan é um atacante de área que pode contribuir. O Kriguer é um atleta muito tático e inteligente", ressalta Jorge.

O Paraná estreia no Campeonato Paranaense diante do FC Cascavel. A partida está marcada para domingo (28), às 16h, no Estádio Olímpico Regional, em Cascavel.

O zagueiro Guilherme Lacerda já estava com o elenco profissional no ano passado. Foto: Rui Santos/Paraná Clube.
O zagueiro Guilherme Lacerda já estava com o elenco profissional no ano passado. Foto: Rui Santos/Paraná Clube.
Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.