O técnico Maurílio, do Paraná, elogiou a atuação do meia Maxi Rodríguez na vitória por 2 a 0 sobre o Rio Branco, nesta segunda-feira (3), na Vila Capanema, pela oitava rodada do Paranaense. Foi a primeira vitória do Tricolor em casa em 2021 e a primeira partida do camisa 10 uruguaio como titular.

"O Maxi é um atleta extremamente qualificado. Todos já viram a qualidade dele com a bola nos pés, com a movimentação e a inteligência de uma metida de bola. Nossa preocupação é apenas com a parte física. O Maxi vem de um período inativo antes de chegar ao Paraná. E nós tivemos que fazer um trabalho para ele ganhar mais condicionamento físico e recuperar a massa muscular", declarou o treinador após o jogo.

Veja a classificação do Paranaense

Maxi Rodríguez atuou centralizado e dominou o meio de campo da equipe. Em várias oportunidades, buscou a bola nos pés dos zagueiros, deu passes em profundidade e foi o homem das bolas paradas. O meia quase abriu o placar para o Paraná em uma cobrança de falta no primeiro tempo, mas o goleiro Lucas Macanhan salvou. O Tricolor marcou depois com Gustavinho e Micael.

"O Maxi tem tentado crescer dentro do trabalho e fazendo o que vem sendo pedido pelo pessoal da fisiologia e da parte física. Nossa preocupação era muito grande, porque ele vinha de muito tempo sem jogar um jogo inteiro e nossa ideia era ter deixado 45 minutos, depois já pensar em uma mexida. Mas eu conversei com ele e falei que ele precisava de um lastro maior, jogar mais para ganhar condição e Ele participou bem", completou Maurílio.

Maxi Rodríguez foi substituído apenas aos 34 minutos do segundo tempo para a entrada de Elielton.

Maurílio vê Paraná superior e diz que placar poderia ser mais elástico

Maurílio no duelo contra o Rio Branco. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Maurílio no duelo contra o Rio Branco. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.

O treinador paranista também gostou do que viu do time e comemorou sua primeira vitória na Vila Capanema. De acordo com o técnico, o resultado poderia ter sido mais elástico.

"Estou muito feliz, porque, desde meu retorno, é minha primeira vitória em casa. A gente fica contente com o resultado, poderíamos ter um resultado mais elástico se estivéssemos acelerado mais o jogo. Mas a gente vem de jogos atrás de jogos. Muitas substituições fazemos pelo cansaço, não pela qualidade técnica. Temos que ter cuidado para não termos lesões", finalizou Maurílio.

O Paraná aguarda seu próximo jogo ser homologado pela Federação Paranaense de Futebol (FPF). A tendência é que enfrente o Cascavel CR no sábado (8), fora de casa, em partida válida pela nona rodada do Estadual.

Participe da conversa!
0