Após a derrota por 1 a 0 para o Athletico, o técnico Maurílio, do Paraná, reclamou do termo "aspirantes" usado para definir a equipe do Furacão que atua no Paranaense ao ser questionado em entrevista após o novo revés. O treinador, irritado, falou em menosprezo ao Tricolor e disse que os jogadores do rival são profissionais.

"Não é time de aspirantes, não. Porque o atleta com 20 anos já é profissional. Se estão usando eles no time de segundo plano, mas são atletas profissionais. Não estou aqui para justificar nosso erro, a nossa derrota, mas também não queremos ser menosprezados. Fomos corretos, tentamos, buscamos, tivemos as chances de vencer, não conseguimos fazer o gol e acabamos surpreendidos", afirmou Maurílio.

Veja a classificação do Paranaense!

O técnico ainda avaliou a derrota como injusta. O Tricolor acertou a trave com Juninho e Bryan e obrigou o goleiro Anderson a trabalhar bastante durante toda a partida. Ao todo, foram 13 finalizações (sete no gol e seis para fora).

"Quem assistiu ao jogo sabe que o resultado foi completamente injusto. Tivemos essa infelicidade. Trabalhamos muito essa bola longa do Athletico e, em um erro de marcação, sofremos a bola cruzada e sofremos o gol. Tivemos um bom volume de jogo no primeiro tempo e no segundo tempo. Acredito que as expulsões tanto do Thiago quanto do atleta do Athletico foram exageradas. Mas a equipe se portou bem", finalizou.

O Paraná volta a campo já na segunda-feira (3), às 16h, contra o Rio Branco, pela oitava rodada do Campeonato Paranaense. O Tricolor está na sétima posição, com oito pontos.

Participe da conversa!
0