O Paraná fez uma partida ruim contra o Cianorte e acabou perdendo a primeira na Série D. O goleiro Felipe e o volante Moisés Gaúcho não gostaram da atuação do time e disseram que há muita coisa a ser corrigida, principalmente pensando nas próximas fases.

"A gente vinha de quatro jogos sem tomar gols. Aí no jogo passado tomamos e saindo atrás, coisa que não tinha acontecido ainda. Hoje, a derrota em casa. Mas temos que saber lidar com isso e não gerar tumulto. É sempre ruim perder", declarou o experiente goleiro na saída do gramado às rádios Banda B e Transamérica.

"Temos que saber que precisamos melhorar muito. As vitórias às vezes escondem muita coisa. Mas é fazer nosso dever no próximo jogo em casa e vencer o jogo", reforçou.

+ Veja a tabela completa da Série D

Os jogadores paranistas, no entanto, destacaram que a derrota veio em um "bom momento". Segundo eles, foi melhor perder agora do que nas fases decisivas de mata-mata, por exemplo. Mesmo com a derrota o Tricolor segue na segunda posição, com 16 pontos - a sete do quinto colocado.

"Uma hora iríamos perder. É ruim perder em casa. Mas é melhor perder agora, do que lá na frente. Tem esse sentimento diferente, que não tínhamos sentido ainda. É voltar a colocar o pé no chão. Temos outro jogo em casa para voltar a vencer. Antes eram oito jogos sem perder, agora já são dois sem vitórias. Mas não é o fim do mundo. Cabeça fria. É consertar os erros, que foram muito hoje, mais do que o normal", comentou Felipe.

"Durante o jogo sempre vai ter dificuldades. Aconteceu a derrota e ela veio em um momento em que nos permite. Não queríamos jamais a derrota, mas é bom sentir esse gosto agora. Porque daqui para frente, é evolução, buscar as vitórias para chegarmos fortes no mata-mata", acrescentou Moisés Gaúcho em entrevista coletiva.

O Tricolor tenta voltar a vencer contra o Pérolas Negras no sábado que vem, dia 18 de junho, às 16h, novamente na Vila Capanema.

Participe da conversa!
0