O último domingo foi de festa para a torcida do Paraná. Foram comemorados os 30 anos do primeiro título do clube, o Campeonato Paranaense de 1991. Em um jogo comemorativo, disputado na Vila Capanema, mais de mil paranistas puderam ver em campo os grandes ídolos do passado, como Saulo, Adoílson, Serginho Prestes e tantos outros.

Os ex-jogadores comemoraram o reencontro com os velhos amigos de time e destacaram que esperam uma retomada do clube, que vive o seu pior momento da história - vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro em 2022.

"Foi emocionante demais. Reencontramos amigos que não víamos há 30 anos. Passou um filme de momentos muito felizes da nossa vida. Foi uma festa completa. O Paraná vem em uma nova gestão, são bem intencionados e a gente torce para que as coisas funcionem", disse Serginho Prestes ao UmDois Esportes.

O ex-zagueiro Gralak ressaltou a estrutura que o Paraná tem para retomar o seu caminho para voltar à elite do futebol brasileiro. "É uma tristeza o que aconteceu com o clube. Você ir à Vila Capanema, ver aquela estrutura para disputar uma Série D. Dá pena. O clube era muito grande. Mas, temos esperança que a nova diretoria possa assumir com os pés no chão para subir o mais rápido possível", destaca.

O placar final do jogo contra o GAB Sports Master foi 1 a 1, com gol de Carlinhos Sabiá para o Paraná.

Participe da conversa!
0