Presidente interino do Paraná, Luiz Carlos Casagrande, o Casinha, disse que o clube está de "portas abertas" para receber o novo presidente Rubens Ferreira e seus integrantes antes da posse oficial em dezembro. Rubão, que foi candidato pela chapa Transparência e Responsabilidade, venceu as eleições com 142 votos (48,6%).

"Eu conheço o Rubens há 50 anos, tínhamos atividades e ele sempre participa de eventos. Nossa amizade é longa. Desejo sucesso, e o clube está aberto para que a gestão compartilhada comece a partir do momento que eles entenderem que precisa começar. Se quiserem começar amanhã, o clube está de portas abertas para que eles comecem o trabalho. Será um trabalho bastante árduo, a gente sabe disso. Eles vão vir para nos ajudar na reconstrução. O clube e eu estou estamos abertos para que eles trabalhem junto com a gente", declarou Casinha.

Funcionário desde a época de Pinheiros, Casinha passou por diversas funções dentro do Paraná. Atual presidente, ele se colocou à disposição para seguir colaborando dentro do clube.

"Eu falei para todos que estou à disposição do Paraná. Se eles acharem importante a minha ajuda, estarei disposto a ajudar. Vai depender deles. Se acharem que posso ajudá-los, estou à disposição porque sou Paraná desde pequeno. Acho que vou continuar colaborando, sim, a não ser que eles não queiram", afirmou.

O presidente interino também falou sobre o atual momento do Tricolor. Casinha disse que o foco principal é tirar o time da zona de rebaixamento da Série C.

"Agora, nosso problema maior é tentar sair da situação que estamos na tabela da Série C. Nós temos que, de qualquer jeito, manter o clube na Série C. Isso vai nos ajudar a ter um alento para o ano de 2022. É isso que vamos fazer e trabalhar para que a gente consiga as vitórias e que nos eleve ao patamar dos classificados. Tem que ter muito trabalho para podermos dar isso a torcida", finalizou.

| Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes

Veja a entrevista completa com o presidente pro tempore Casinha

Participe da conversa!
0