O Operário é o novo vice-líder da Série B. Com um a mais durante boa parte do jogo, o Operário venceu o Cruzeiro por 2 a 1 na noite deste sábado (19), no Germano Krüger, em duelo da quinta rodada da Série B. O estreante Paulo Sergio - com uma linda bicicleta - e Djalma Silva marcaram os gols do triunfo, enquanto Felipe Augusto fez o tento celeste.

Com o resultado, o Fantasma venceu a segunda seguida na Série B, subiu para dez pontos e ganhou quatro posições na tabela, assumindo o segundo lugar e ampliando ainda mais a invencibilidade no Germano: agora são 14 vitórias e 3 empates e cerca de sete meses sem ser batido na sua casa.

Já o Cruzeiro estacionou nos quatro pontos e caiu para o 17º lugar, portanto indo dormir na zona de rebaixamento da Segundona.

O Operário volta a campo na próxima terça-feira (22), quando visita a Ponte Preta no Moisés Lucarelli. Já o Cruzeiro recebe o Vasco no Mineirão, na quinta-feira (24).

Confira a tabela da Série B e os próximos jogos de Operário e Cruzeiro

O campo encharcado pela chuva que caiu no Germano Krüger deixou o duelo amarrado no começo do primeiro tempo. Chance mesmo, só com bola na área, e foi assim que saiu o primeiro gol da partida, após a expulsão de Weverton -- que levou o vermelho direto depois de um carrinho frontal em Vilela.

Na cobrança de falta, Pedro Ken cabeceou no travessão. No rebote, Paulo Sérgio, que estreava pelo Operário após jogar contra o próprio Cruzeiro no meio da semana, mas pela Ponte Preta, acertou uma linda bicicleta para vencer Fábio, aos 31min. 1 a 0.

Com um a mais, o Operário controlava o jogo, mas um escorregão de Djalma Silva ofereceu ao Cruzeiro uma grande chance bem perto da área do Fantasma. Bruno José fez jogada individual e chutou; no rebote, Felipe Augusto aproveitou o gol quase livre para empatar, aos 43min. 1 a 1.

O jogo caminhava para o segundo tempo, mas, aos 39min do segundo tempo, Djalma Silva conseguiu dar a volta por cima depois na falha no primeiro gol. Ele arriscou de longe, a bola pegou uma curva e Fábio aceitou. 2 a 1 no placar e longa invencibilidade que segue no Germano Krüger.

“Primeiro tempo foi difícil para a gente. Num vacilo meu, deixei eles empatarem. Mas sabíamos que, se mantivéssemos a intensidade e o controle das ações, conseguiríamos a vitória. Fiquei feliz pelo gol, fui feliz na batida e conseguimos a vitória”, disse Djalma Silva ao Premiere após o jogo.

Ficha técnica

SÉRIE B
5ª rodada
19/06/21
OPERÁRIO 2 X 1 CRUZEIRO

Operário: Thiago Braga; Alex Silva, Reniê, Filemon, Leandro Vilela (Fábio Alemão) e Djalma Silva; Jean Carlo (Leandrinho), Pedro Ken (Thomaz), Paulo Sérgio (Schumacher) e Tomas Bastos; Rodrigo Pimpão (Rafael Oller). Técnico: Matheus Costa.

Cruzeiro: Fábio; Weverton, Ramon e Paulo; Rômulo, Matheus Barbosa (Adriano), Giovanni (Ariel) e Marcinho (Joseph); Bruno José (Jadson), Felipe Augusto e Rafael Sobis (Airton). Técnico: Mozart.

Local: Germano Krüger, em Ponta Grossa
Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo e Cicero Alessandro de Sousa
Gols: Paulo Sergio, 31'/1º, Felipe Augusto, 43'/1º, Djalma Silva, 39'/2º
Cartões amarelos: Leandro Vilela (Operário), Reniê (Operário), Fábio Alemão (Operário), Felipe Augusto (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Weverton (Cruzeiro)

Participe da conversa!
0