A Argentina recebeu autorização da Conmebol para ficar concentrada no Centro de Treinamento de Ezeiza, na região metropolitana de Buenos Aires, onde será sua base, e vai chegar ao o Brasil somente na véspera de cada jogo da Copa América.

Na nota, divulgada pela Associação de Futebol (AFA), a Argentina também confirmou a sua participação no torneio.

Diante do agravamento da pandemia do coronavírus, a Argentina desistiu de sediar a Copa América.

A Argentina, do técnico Lionel Scaloni, está no Grupo A da Copa América, ao lado de Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. A equipe estreia diante do Chile no dia 14 de junho, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Na última quinta-feira (03), a Argentina de Lionel Messi e companhia empatou com o Chile, em 1 a 1, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Nesta terça (8) o adversário será a Colômbia.

Participe da conversa!
0