A Neoenergia é a primeira patrocinadora exclusiva das seleções brasileiras femininas. O anúncio foi feito na terça-feira (2), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, pelo presidente Rogério Caboclo e por Mario Ruiz-Tagle, CEO da empresa de energia.

O patrocínio inédito firmado pela Diretoria Comercial da CBF é mais um passo no fomento do futebol feminino no Brasil e uma conquista do grande desempenho das mulheres dentro das quatro linhas. Além das seleções femininas, a Neoenergia estampará a nova marca da principal competição nacional entre clubes, que passará a se chamar Brasileirão Feminino Neoenergia.

O contrato entre a CBF e a Neoenergia vai até 2024 e prevê a exibição da marca no uniforme de treino da seleção feminina, ações promocionais e ativações nas redes sociais. A empresa de energia acompanhará as equipes adulta e de base em momentos importantes como a reta final da preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, a Copa América Feminina em 2022, os Sul-Americanos de Base, o Mundial Feminino em 2023 e os Jogos Olímpicos de Paris-2024.

Além da nova marca no nome oficial do Brasileirão Feminino, a Neonergia estará presente nas placas de publicidades no entorno do gramado de todos os jogos e backdrops. Além disso, poderá fazer ativações durante os intervalos das partidas (assim que permitido pelas autoridades sanitárias) e ações nas redes sociais da competição.

"Essa parceria com a Neoenergia significa também termos ao nosso lado uma das maiores empresas de energia do país e do mundo e que vai conjugar o apoio ao futebol feminino com as causas da igualdade e da sustentabilidade, fortalecendo aquilo que já sabemos, que é a enorme força social e de engajamento do nosso esporte", afirmou Rogério Caboclo.

A parceria entre Neoenergia e CBF reafirma o compromisso das duas empresas em oportunizar e igualar diferenças históricas entre homens e mulheres no mercado de trabalho. Esses valores juntos darão subsídios para que as atletas das seleções femininas e que disputam o Brasileirão Feminino possam ter as melhores oportunidades ao longo da sua formação profissional.

Participe da conversa!
0