O Coritiba sofreu uma nova derrota na Justiça por conta do caso Cerutti. Na noite desta terça-feira (14), o clube teve negada uma liminar para que pudesse antecipar o pagamento da dívida com o jogador argentino. Com isso, o Coxa segue punido pela Fifa e não pode registrar novos jogadores.

O relator do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Tito Campos de Paula, irá aguardar a opinião do Ministério Público quanto ao recurso do Verdão para depois analisar se irá manter a decisão da juíza da Vara de Recuperações, que negou o adiantamento do pagamento ao ex-jogador do clube, por conta de ações de outros ex-jogadores e funcionários do Coritiba.

Entenda o Caso Cerutti

O departamento jurídico do Verdão havia solicitado prioridade no pagamento da dívida de cerca de R$ 400 mil com o Ezequiel Cerutti, que vestiu a camisa do clube nas temporadas de 2020 e 2021.

No entanto, o pedido já havia gerado reclamações de outros credores na Justiça, como o caso do meio-campo Rafinha, que também cobra atrasos salariais do clube.

A dívida com o gringo ocasionou o transfer ban ao clube - uma punição administrativa que a Fifa impõe aos clubes que não cumprem o pagamento em transferências internacionais, seja ela envolvendo times de países diferentes ou contratando atletas estrangeiros.

Participe da conversa!
0