O técnico Gustavo Morínigo sabe da difícil missão que o Coritiba tem para permanecer na Série A. No entanto, o treinador tem esperanças que o clube possa alcançar seu objetivo.

“Temos uma tarefa difícil, mas não impossível, nunca impossível. Temos que crer, seguir trabalhando e lutar”, disse o comandante, em entrevista coletiva após o empate diante do Grêmio.

Invicto no comando do Coxa, em cinco jogos, Morínigo soma uma vitória e quatro empates. Sete pontos conquistados de 15 disputados. Uma melhora significativa no desempenho, porém, ainda abaixo do que o Alviverde precisa para permanecer na elite.

Confira a classificação do Brasileirão

“Estamos recuperando alguns atletas, que nos dão uma estrutura importante. Estamos correndo atrás, o esforço está aí para ser reconhecido. Vamos dar tudo que temos em cada jogo. Podemos prometer esforço máximo”, concluiu.

Neste momento, o time ocupa a vice-lanterna do Brasileirão, com 28 pontos, a sete do Sport, que entra em campo nesta segunda-feira, diante do Flamengo, e é o primeiro fora da zona de rebaixamento.

Com cinco rodadas para o campeonato acabar - e 15 pontos em disputa -, a equipe coxa-branca tem apenas um confronto direto dos cinco jogos que restam, diante do Fortaleza. Depois, apenas partidas contra times da parte de cima da tabela, casos de Palmeiras, Santos e Ceará. E, por último, o Atlético-GO , que ainda sonha com uma vaga no G8.

Para seguir respirando, o Coritiba precisa vencer o Leão na próxima quinta-feira (4), fora de casa, às 18h30, pela 34ª rodada do Brasileirão.

Participe da conversa!
0