O desempenho do Coritiba não saiu como o planejado na última segunda-feira (3). O Coxa acabou derrotado pelo FC Cascavel, por 3 a 2, pela oitava rodada do Campeonato Paranaense, e deixou de assumir a liderança da competição.

Após a partida, o técnico Gustavo Morínigo já projetou o clássico contra o Athletico, na próxima quinta-feira (05).

“Em todo o mundo, um clássico é uma partida diferente e à parte. São muitas coisas em jogo, é a história. É uma rivalidade de anos. Então, acredito que todos vão estar bem, vamos recuperar rápido e pensar no que vamos fazer”, disse em entrevista coletiva à imprensa.

O paraguaio ainda admitiu que o time se comportou diferente nos dois tempos contra o FC Cascavel. A equipe alviverde apresentou muitos erros defensivos e foi dominado pelo time comandado por Tcheco.

“Acredito que a atuação não foi a melhor, mas não fomos superados pelo adversário, mas pelos sim nossos erros. Cometemos erros e pagamos com uma derrota. É seguir trabalhando, buscando alternativas de jogo e um maior volume também”.

Coritiba abusou dos erros defensivos contra o FC Cascavel (Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes)
Coritiba abusou dos erros defensivos contra o FC Cascavel (Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes)

Morínigo assume responsabilidade por derrota do Coritiba

Morínigo também reconheceu que o Coritiba tem oscilado no estadual. “É algo que notamos nos dois últimos jogos e estamos trabalhando nessa parte. O importante é tratar de sair dessa disparidade de rendimento nos dois tempos e na atitude. De repente, a atitude é boa, mas não é a melhor. Temos que sair disso”.

O primeiro revés no Couto Pereira, porém, em nada muda o planejamento do clube, segundo o técnico Gustavo Morínigo.

O nosso planejamento está intacto. Não vamos mudar o que estamos fazendo. Sendo sincero, não jogamos bem e não fizeram o que deveria fazer. Eles aproveitaram os seus momentos e nós não conseguimos reverter. Agora é manter a calma e seguir trabalhando. A responsabilidade é absolutamente toda minha".

Morínigo não adiantou se pretende fazer alguma mudança tática ou técnica para o Atletiba. O volante Val, que saiu sentindo dores no final do jogo, será reavaliado nesta terça-feira.

“Vamos analisar primeiro a recuperação (dos jogadores), depois o rival, e ver as possibilidades que temos. Vamos escolher sempre os melhores, é um clássico e todos querem jogar. A intenção não muda, de sempre atacar, propor e jogar com tudo que nós temos. O que importa é chegar bem no clássico”.

O Coritiba volta a campo na próxima quinta-feira (05), no clássico contra o Athletico, na Arena da Baixada, em jogo atrasado da sétima rodada do Campeonato Paranaense. A partida está marcada para as 17h40.

Participe da conversa!
0