O ano mudou, mas o Coritiba segue o mesmo – caminhando a passos largos rumo à Série B. Na primeira partida de 2021, sob olhares do novo presidente, Renato Follador, e também do futuro treinador, o paraguaio Gustavo Morínigo, o Coxa foi derrotado pelo Goiás por 2 a 1, nesta quarta-feira (6), no Couto Pereira.

O zagueiro Fábio Sanches e o atacante Rafael Moura abriram boa vantagem aos visitantes no primeiro tempo. Robson ainda diminuiu na etapa final, mas a pressão ensaiada pelo time que teve o ex-goleiro Júlio Sérgio no banco de reservas parou por aí.

A quarta derrota seguida no Brasileirão – e nono jogo sem vitória – mantêm o Alviverde na lanterna do campeonato, com 21 pontos. Para piorar, o Esmeraldino, que também luta contra a queda, abriu cinco pontos de distância na tabela de classificação. O Bahia, primeiro time fora da ZR, tem 28.

+ Confira como foi Coritiba x Goiás no Tempo Real!

A última vitória do Coritiba aconteceu em 31 de outubro, diante do Atlético-GO, em casa. A próxima tentativa é no sábado (9), diante do rival Athletico, também no Alto da Glória.

Faltando dez rodadas para o fim do campeonato, uma nova derrota, com o peso de um clássico Atletiba, pode representar o fim da esperança na permanência na elite.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Jogando com um sistema 3-4-3, o Coritiba começou o jogo pressionando o Goiás. Mas os velhos problemas da equipe persistiram. O time criou pouco e, aos poucos, começou a falhar na defesa.

Aos 20 minutos, Fábio Sanches aproveitou um desses erros. O defensor tentou duas vezes antes de abrir o placar, após bate-rebate na área. Aos 29, Rafael Moura ganhou da zaga e tocou na saída de Wilson para aplicar. O goleiro alviverde ainda fez milagre para impedir o terceiro, com Vinícius.

Desesperado, o Coxa colocou Ricardo Oliveira no intervalo, desmanchando os três zagueiros. Nathan Ribeiro, que não jogava desde a partida do acesso em 2019, por causa de lesões, deixou o time.

Robson ainda conseguiu colocar o Alviverde no jogo ao diminuir, aos 13. Cinco minutos depois, Ricardo Oliveira exigiu boa defesa de Tadeu e, aos 19, Hugo Moura perdeu na pequena área.

Ao mesmo tempo, o Esmeraldino continuou levando perigo nos contra-ataques. O esboço de reação do Coritiba parou na falta de qualidade e o primeiro jogo de 2021 foi mais um passo rumo à Série B.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
28ª rodada
06/01/21


CORITIBA 1x2 GOIÁS

Coritiba
Wilson, Natham Ribeiro (Ricardo Oliveira), Rhodolfo e Sabino; Mailton (Pablo Thomaz), Nathan Silva (Sarrafiore), Hugo Moura e Jonathan; Rafinha (Cerutti), Neilton e Robson (Nathan).
Técnico: Júlio Sérgio

Goiás
Tadeu; David Duarte, Fábio Sanches e Heron (Iago Mendonça); Shaylon, Ariel Cabral, Breno (Daniel Oliveira), Douglas Baggio (Índio) e Jefferson; Vinícius (Henrique Lordelo) e Rafael Moura.
Técnico: Glauber Ramos

Local: Couto Pereira
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (Fifa-RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Gols: Fábio Sanches, 20, Rafael Moura, 29 do 1º; Robson, 13 do 2º
Cartões amarelos: Hugo Moura, Jonathan, Rafinha, Rhodolfo (COR); Iago Mendonça, Henrique Lordelo (GOI)

Participe da conversa!
0