O Atletiba deste domingo (19), no Couto Pereira, que acabou com uma vitória do Athletico por 1 a 0, nos acréscimos, foi movimentado não só dentro de campo. Fora dele, embora o jogo fosse de torcida única, muita confusão e polêmicas. Dentro e fora do estádio.

Na chegada da delegação do Coritiba ao Couto, o atacante Alef Manga foi muito cobrado por membros de uma torcida organizada. O jogador até parou para conversar com os torcedores, mas logo foi retirado.

Já do lado de dentro, ao fim do primeiro tempo, muitos copos foram arremessados em direção aos jogadores do Athletico, quando eles se dirigiam para os vestiários.

E pouco antes de a bola rolar para a segunda etapa do Atletiba, dois torcedores invadiram o gramado. Um deles foi até o meio-campo abraçar Alef Manga e depois correu em direção aos atletas do Furacão, chegando a empurrar Pablo, antes de ser retirado pelos seguranças.

Os dois eram menores de idade e a Demafe registrou boletim de ocorrência e, na sequência, chamando os pais deles.

Na súmula, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira relatou os objetos arremessados - além de copos outros materiais no final do jogo - e a invasão dos dois torcedores.

Participe da conversa!
0