Em meio à indefinição sobre a volta ou não do público aos estádios, os clubes da Série B adiaram a decisão para uma nova reunião, marcada para o dia 17 de setembro. Na última quarta-feira (8), houve uma reunião virtual do Conselho Técnico do torneio, no qual o tema principal era justamente a liberação de torcedores.

No entanto, por meio de uma votação, os times optaram por adiar para semana que vem qualquer resolução. No entanto, a tendência é que a abertura dos portões para o público seja liberada, diante algumas restrições.

A principal delas é de que pelo menos 80% das cidades representadas na Série B liberem a volta do público. Ou seja, é preciso que 13 das 16 cidades que contam com equipes no torneio autorizem a abertura dos portões.

Coritiba quer a volta do público

Atualmente, oito cidades já permitem torcedores nos estádios, com algumas restrições, entre elas Curitiba, que libera 5% da ocupação, desde que não ultrapasse cinco mil torcedores.

Até por isso, o Coritiba se manifestou favorável à volta da torcida no Arbitral de quarta-feira (8) e deve manter a postura na reunião do dia 17, quando tudo será decidido oficialmente.

"A postura do Coxa se coaduna com os estudos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e da Associação Nacional dos Clubes de Futebol (ANCF) em se tratando de assunto delicado e que deverá demandar debates e posicionamentos distintos de alguns dos 20 clubes envolvidos na disputa", diz trecho da nota divulgada pelo clube.

Participe da conversa!
0