A segunda etapa do Curitiba Poker Tour (CPT), que ocorre entre 20 e 27 de março na Liga Curitibana e terá R$ 100 mil de premiação garantida, tem uma novidade: a utilização do Action Clock.

Já utilizado no Brasileiro de poker (BSOP), este mecanismo visa deixar o jogo mais ágil, evitando aquelas longas pausas em que os jogadores ficam pensando na próxima ação.

Siga e curta o Resenha do Poker no Facebook

No CPT, cada jogador terá 30 segundos para tomar a sua ação. Caso ultrapasse esse período, poderá utilizar um cartão de “time bank”, que lhe garante mais um minuto para pensar. Cada jogador receberá três cartões antes do dia 1, recebendo mais três antes do dia 2 da competição.

Se passar o tempo e o jogador não tiver uma ação, a ação será “check” ou “fold”, dependendo da aposta envolvida.

Relembre o campeão da primeira etapa do CPT 2018

Além disso, a outra novidade nesse CPT serão três pacotes para o BSOP Brasília, uma premiação a mais além dos R$ 100 mil garantidos.  A entrada para o torneio é de R$ 180, sem addon. Os dias classificatórios ocorrem às 20h, além de sexta a segunda (26) também às 15h30.

Boa sorte a todos que participarem.

Quer falar sobre poker?

Este ano criamos o grupo do Resenha do Poker no WhatsApp, em que o foco é estudar mãos de poker e divulgar notícias do Resenha. Neste grupo bad beats não são bem-vindas!

Quer evoluir junto com a gente? Mande seu telefone para robsonm@gazetadopovo.com.br. É grátis. Se você quer receber por e-mail as notificações de notícias, mandar críticas ou sugestões, este e-mail também é o caminho.

Leia Mais

Paranaense campeão brasileiro de poker fatura R$ 101 mil na Argentina
Morte de mãe e filho após poker. A culpa é do jogo?
Torneio “Top do Brasil” terá quatro paranaenses. Veja quem são
Campeão mundial de poker ensina como começar uma carreira de jogador profissional
Curitibano revela como conseguiu ganhar R$ 3 milhões e fazer história no poker

Participe da conversa!
0