Era jogo de vida ou morte, mas o Paraná perdeu mais uma e ficou mais perto da Série D. O Tricolor foi superado pelo São José por 1 a 0, neste domingo (29), no Estádio Passo d'Areia, pela 14ª rodada da Série C. O gol foi de Cláudio Maradona ainda no primeiro tempo.

Com a derrota, o Tricolor afunda na nona posição do Grupo B, com 10 pontos, agora a seis de sair da zona de rebaixamento. A matemática ainda apresenta possibilidade de o Paraná permanecer na C, mas moralmente o time não mostra forças para reagir.

Para iniciar uma subida e evitar a queda, o time de Silvio Criciúma precisará vencer os dois próximos jogos na Vila Capanema e torcer por duas derrotas do próprio São José. Se conseguir tirar esta diferença - precisando fazer saldo de gols -, o clube deixa a ZR e dependerá apenas de si nos dois jogos derradeiros. É difícil, mas não impossível.

O próximo compromisso do time paranista para buscar a reação será contra o Criciúma no sábado (4), às 19h, em casa. Depois, o clube pega o Mirassol no domingo (12), às 18h, novamente na Vila Capanema.

Paraná leva gol no início, é dominado no primeiro tempo e não consegue reagir

Em campo contra o São José, o time acabou sofrendo um gol logo aos 6 minutos. Após chegada pela esquerda, Mazola desviou de cabeça um chute de Everton Bala. Bruno Grassi espalmou, mas, no rebote, Cláudio Maradona chegou mandando para as redes.

O gol deu confiança ao Zequinha, que dominou o primeiro tempo e só não ampliou o placar, porque o goleiro paranista fez grandes defesas e os atacantes não estavam com a pontaria em dia. Mazola teve chance de aumentar após bobeada da zaga paranista, mas bateu para fora. E Maradona, em outra boa oportunidade, mandou na trave.

Já o Paraná tinha pouca força ofensiva, mas teve uma ótima jogada para empatar. Aos 44', Sillas cruzou para Reis livre na área, mas Fábio Rampi saiu nos pés do atacante e conseguiu impedir o gol.

+ Veja a classificação da Série C

Na etapa final, o Tricolor chegou a dominar a posse de bola e arriscou mais, mas seguiu com dificuldades para encontrar soluções para furar a defesa do São José. O Zequinha perdeu forças, mas novamente teve chance de ampliar. Maradona aproveitou uma falha de Vinicius Guarapuava e ficou cara a cara com Bruno Grassi, mas o goleiro salvou mais uma.

Apesar das chances perdidas, os mandantes conseguiram confirmar mais uma vitória em casa. Já o Paraná chegou ao sétimo jogo sem vencer na Série C e está mais próximo da Quarta Divisão, em uma situação praticamente irreversível.

Nos acréscimos, Gustavinho foi expulso por reclamação. E uma briga generalizada começou, resultando em mais expulsões. Gabriel Castro, do São José, e Kriguer, do Paraná, foram para o chuveiro mais cedo.

Vontade até não falta ao time paranista. O que falta é qualidade e todos os problemas extracampo parecem cair nos ombros do jogadores.

Participe da conversa!
0