Com um time mais reserva do que titular, o Athletico poupou seus titulares, de olho na Copa do Brasi, mas, mesmo assim, venceu o Juventude por 3 a 0, neste domingo (6), no Alfredo Jaconi, pelo Brasileirão. Resultado que passou, diretamente, por Jadson, que vive uma semana importante na carreira.

Dias atrás, o meia de 38 anos ganhou um voto de confiança do Furacão e renovou seu vínculo até o final da temporada. E no primeiro jogo como titular após o acerto, praticamente definiu o placar ao marcar dois gols em dois minutos. Agora, são 31 em 107 partidas com a camisa rubro-negra.

O primeiro, de cabeça. O segundo, recebeu sozinho dentro da área e finalizou com precisão. Dois belos gols do armador, que soube se posicionar para receber a bola e resolver a parada.

E essa experiência pode ser fundamental para a sequência do Furacão na temporada. Após a partida em Caxias do Sul, o meia ressaltou que o time voltou para a etapa final mais focado e sem se afobar tanto

"Foi a conversa no vestiário. No segundo tempo voltamos concentrados, tivemos mais paciência no último passe. Tive a chance de fazer dois gols e fico feliz por essa vitória, em um jogo onde fomos consistentes do começo ao fim. Sempre é difícil jogar aqui contra o Juventude", disse Jadson, em entrevista à TNT Sports.

Mais do que Jadson, Athletico soube construir as jogadas

Aliás, o Athletico dominou o confronto quase o tempo todo, mas mais uma vez teve dificuldades na finalização. Chegava ao ataque, mas pouco levava perigo. Até os gols de Jadson, que mudaram o panorama da partida. Gols em jogadas bem trabalhadas, com pressão da equipe e toques rápidos em busca de espaço.

Até mesmo o terceiro gol, quando a fatura estava liquidada, veio na construção do lance, com o time se impondo e pressionando, já com alguns titulares em campo, como Nikão, que fechou o placar.

Uma atuação convincente no segundo tempo, que pode mostrar um Furacão evoluindo, mas com um teste de fogo já nesta semana, contra o Avaí, pela Copa do Brasil. Chance de provar que a equipe está na crescente e se encaixando lá na frente.

Participe da conversa!
0