O Athletico manteve os 100% de aproveitamento no Brasileirão, na noite deste domingo (6), ao bater o Juventude, por 3 a 0, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Os dois gols da partida foram marcados por Jadson, no começo do segundo tempo, e Nikão, no final.

Com o resultado, o Rubro-Negro subiu para a vice-liderança, com seis pontos, atrás apenas do Fortaleza pelo saldo de gols.

O próximo compromisso do Furacão na Série A é no domingo (13), às 16h, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Antes disso, a equipe encara o Avaí, na quarta-feira (9), às 19h, na Arena da Baixada, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

+ Confira como foi Juventude x Athletico no Tempo Real!

Athletico e Juventude protagonizaram um primeiro tempo equilibrado e sem jogadas elaboradas. A melhor chance da etapa inicial foi dos gaúchos. Guilherme Castilho recebeu na entrada da área e cruzou para Matheus Peixoto, que, de “peixinho”, mandou para fora.

Fora isso, um duelo truncado, com a bola rodando no meio-campo e sem jogadas criadas pelos ataques, que tiveram pouco ação nos primeiros 45 minutos.

O Furacão voltou do intervalo disposto a definir a partida rapidamente, tanto que em um intervalo de dois minutos fez dois gols.

Aos dois, Marcinho cruzou para área e Jadson apareceu para cabecear no ângulo de Marcelo Carné. Logo em seguida, aos quatro, o meia novamente apareceu para resolver. Após o passe de Matheus Babi, Carlos Eduardo fez o corta luz e Jadson mandou para o fundo das redes.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão

O Juventude até tentou reagir, mas esbarrou em um Athletico bem-organizado e confiante. Por sua vez, o Rubro-Negro seguiu pressionando, mesmo com o placar definido.

E, no final, veio o terceiro. Aos 43, após jogada pela esquerda, Renato Kayzer não alcançou o cruzamento rasteiro, mas Nikão surgiu para chutar e definir a vitória atleticana no Alfredo Jaconi

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
2ª rodada
06/06/2021

JUVENTUDE 0x3 ATHLETICO

Juventude:

Carné, Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Forster (Cleberson) e Alyson; João Paulo (Matheus Jesus), Guilherme Castilho, Chico e Wescley; Capixaba (Marcos Vinicios) e Matheus Peixoto (Fernando Pacheco). Técnico: Marquinhos Santos

Athletico:
Santos, Marcinho, Ivaldo, Thiago Heleno e Nicolas; Alvarado (Richard), Cittadini, Canesin (Nikão) e Jadson (Terans); Carlos Eduardo (Vitinho) e Matheus Babi (Renato Kayzer). Técnico: António Oliveira

Local: Alfredo Jaconi (Caxias do Sul-RS)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
Gols: Jadson, 2 e 4, e Nikão, 43 do 2º
Cartões amarelos: António Oliveira, Alvarado e Matheus Babi (CAP)
Cartão vermelho: Paulo Autuori (CAP)

Participe da conversa!
0