colunas e Blogs
Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira

Análise

Corinthians, Galo, Fluminense, fiascos internacionais e o milagre do Paraná na Vila

Por
Mauro Cezar Pereira
27/02/2020 12:42 - Atualizado: 29/09/2023 16:49
Corinthians está fora da Libertadores e patina no Paulistão.
Corinthians está fora da Libertadores e patina no Paulistão. | Foto: MARCO GALVãO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Os fracassos seguidos de times brasileiros em competições internacionais volta a ligar um velho sinal de alerta que, aparentemente, não chama a atenção em muitos clubes, embora esteja frequentemente sendo acionado. Times de menor investimento dos países vizinhos aprontam, regularmente, para cima dos representantes verde-amarelos nos certames da Conmebol. E 2020 começou nesse ritmo de forma assustadora. E os elencos dos algozes deste ano são muito, mas muito mais baratos do que os grupos de atletas dos clubes do Brasil.

Na Libertadores, o Corinthians não passou da primeira fase, superado pelo Guaraní, que venceu por 1 a 0 em Assunção e perdeu por 2 a 1 em Itaquera. Já pela Sul-Americana, ao empatar sem gols no Chile, o Fluminense também foi despachado pelo gol fora de casa que o Unión La Calera assinalou no Maracanã (1 a 1). O Atlético foi eliminado pelo Unión de Santa Fé ao perder na Argentina por 3 a 0 e vencer em Belo Horizonte por 2 a 0. Já o Goiás deu adeus ao certame ao ser derrotado nos dois duelos com o Sol de América, no Paraguai e em Goiânia, ambos por 1 a 0.

Segundo o Transfermarkt, o elenco do Guaraní vale € 7,4 milhões. O do Corinthians € 90,05 milhões. O Fluminense conta com um grupo de jogadores avaliado no mercado em aproximadamente € 43,45 milhões, enquanto o La Calera soma € 9,78 milhões no valor de mercado de todos os seus atletas. O Atlético registra € 53,05 milhões em sua página, mas o Unión de Santa Fé o eliminou com um time de € 14,88 milhões. Já o Goiás, segundo o site especializado, investiu € 22,45 milhões em seu grupo de jogadores, contra apenas € 2,05 milhões do Sol de América.

Há uma clara deficiência no desenvolvimento técnico e tático de muitos times brasileiros. Embora seus orçamentos sejam bem superiores aos da maioria dos adversários, com incrível assiduidade eles conseguem desclassificar times da primeira divisão do futebol em terra brasilis. Não são raras as ocasiões nas quais pesa a responsabilidade de comandar as ações, ser o time que assume a bola e o jogo para superar oponentes com recursos financeiros e técnicos inferiores. Os ensinamentos se sucedem, mas a arrogância de quem se acha sempre melhor dificulta o aprendizado.

***

Albari Rosa/Foto Digital/Gazeta do Povo
Albari Rosa/Foto Digital/Gazeta do Povo

Aos 46, aos 47 e aos 53 minutos. Três gols! Todos nos acréscimos do segundo tempo. A virada do Paraná sobre o Bahia de Feira na Copa do Brasil já é história. E que história! O desabafo dos jogadores, com salários em atraso, em meio à festa de euforia e alívio, tornou ainda mais emocionante a noite de quinta-feira na Vila Capanema. Um milagre do futebol.

Parte dos mais de 6,2 mil paranistas que foram ao estádio o deixaram depois do segundo gol do time baiano. Quem ainda acreditava no time? Jogadores que protagonizam uma virada desse calibre, que proporcionam aos torcedores uma experiência tão fantástica, merecem pelo menos o mínimo: que sejam remunerados corretamente. Caráter e profissionalismo não faltaram a esses rapazes.

Veja também:
Destacado por jornal espanhol, capitão na base: conheça o novo lateral do Coritiba
Destacado por jornal espanhol, capitão na base: conheça o novo lateral do Coritiba
Coritiba estreia e Athletico levou choque de realidade
Coritiba estreia e Athletico levou choque de realidade
Titulares com Osorio perdem espaço após chegada de Cuca no Athletico
Titulares com Osorio perdem espaço após chegada de Cuca no Athletico
Coritiba tem o segundo elenco mais valioso e o mais jovem da Série B
Coritiba tem o segundo elenco mais valioso e o mais jovem da Série B
participe da conversa
compartilhe
Encontrou algo errado na matéria?
Avise-nos
+ Notícias sobre Mauro Cezar Pereira
Athletico pagou caro por não ter estratégias. E foi goleado pelo Galo nas finais
Análise

Athletico pagou caro por não ter estratégias. E foi goleado pelo Galo nas finais

Muricy, o áudio vazado e a defesa da gestão inconsequente do Corinthians
Análise

Muricy, o áudio vazado e a defesa da gestão inconsequente do Corinthians

Alemanha e Inglaterra sofrem com os antivacina e o vírus volta forte ao futebol
Análise

Alemanha e Inglaterra sofrem com os antivacina e o vírus volta forte ao futebol