A Comissão Atlética de Nevada definiu nesta semana que não irá mais punir lutadores que forem flagrados no exame antidoping por uso de maconha. Os atletas só serão proibidos de lutarem se no dia do combate estiverem visivelmente afetados pelo uso.

+ Tudo sobre o mundo das lutas

"Nós sempre devemos estar na vanguarda nessas questões, e acredito que é válido e merecido, já que (a maconha) está legalizada neste estado. Acho que precisamos saltar à frente, sendo os líderes como sempre fomos", disse o conselheiro da comissão, Stephen Cloobeck, ao site MMA Fighting.

Nos Estados Unidos, diversos atletas fazem uso da maconha e possuem patrocínios com empresas que têm relação com a cannabis. Recentemente, o lutador Nick Diaz já chegou a ser suspenso por 18 meses pelo uso da maconha.

Participe da conversa!
0