Quando pisar no octógono mais famoso do mundo neste sábado (24), a paranaense Jessica Andrade terá um dos maiores desafios da sua carreira. A "Bate-Estaca", como é conhecida, encara a quirguistanesa Valentina Shevchenko pelo cinturão peso-mosca feminino no UFC 261 - o evento tem início às 19h (horário de Brasília).

"Eu não imaginei que essa oportunidade chegaria tão rápido. Como eu venci a número 1 do ranking, não teria uma outra alternativa a não ser disputar esse cinturão. Ainda bem que o pessoal da organização me deu essa chance", disse a atleta, que já foi campeã peso-palha do Ultimate.

O problema é que Jessica terá pela frente uma adversária muito respeitada e que não é derrotada desde 2017. Valentina embalou seis vitórias consecutivas neste último período e pouco deu brecha para as suas últimas rivais.

"O meu diferencial é que sou muito agressiva. Eu não caminho pra trás, não respeito. Vou o tempo inteiro pra cima da adversária. A maioria das meninas começa a caminhar pra trás. Vou encurtar a distância, encontrar o espaço e colocar a luta pra baixo", aposta Jessica.

UFC 261 terá arena lotada

Pela primeira vez desde março do ano passado, o UFC contará com arena lotada. Com a redução no número de casos de coronavírus nos Estados Unidos, o Ultimate contou com a liberação dos órgãos responsáveis para vender todos os ingressos para o UFC 261, na Flórida.

"Fazia muito tempo que a gente não sentia o público e a presença deles nos incentiva muito. Vai ser ótimo contar com a torcida novamente", ressalta a Bate-Estaca.

Participe da conversa!
0