Foto de perfil de Direto do Octógono

Direto do Octógono

Ver mais
UFC 258

Gilbert Durinho: Conheça o brasileiro que pode fazer história no UFC

Gilbert Durinho defende a bandeira brasileira neste fim de semana.
Gilbert Durinho defende a bandeira brasileira neste fim de semana.| Foto: Divulgação/UFC
  • Por Diogo Souza
  • 11/02/2021 10:18

Natural de Niterói, Gilbert Durinho, 34 anos, pode se tornar o primeiro brasileiro campeão da categoria dos meio-médios do UFC, neste sábado, em Las Vegas, nos Estados Unidos. O carioca enfrenta o atual campeão, Kamaru Usman, na luta principal do UFC 258.

E o caminho até a glória não foi nada fácil para Durinho. O confronto frente ao nigeriano era para ter ocorrido no ano passado. Porém, por uma série de fatores, acabou sendo adiado. Fato que deixou o carioca na ansiedade de entrar logo no octógono.

"Uma coisa que me ajudou muito neste período foi o trabalho com a minha psicóloga. Sou bem ansioso, quero estar ocupado e não tinha objetivo a curto prazo. Fomos criando vários planos. Focamos em diversas áreas e foram meses de muito trabalho para chegar até aqui", destaca o brasileiro ao Direto do Octógono.

Durinho terá encontro com velho parceiro de treinos

Durante um bom tempo, Kamaru Usman foi parceiro de treinos de Gilbert Durinho nos Estados Unidos. Com isso, os dois atletas se conhecem muito bem. Por outro lado, o brasileiro garante que pode oferecer mais armas para vencer a guerra deste fim de semana.

"O que eu tenho de diferente é a velocidade, a parte explosiva, com força e velocidade posso surpreender. Meu jiu-jitsu e wrestling também, se ele quiser usar, vai estar ferrado. Posso ser bem imprevisível nesta luta. Atacar de vários ângulos. Eu trago muito mais perigo", ressalta o carioca.

Durante todo esse período em que o duelo está marcado, Durinho reencontrou Usman apenas uma vez. O brasileiro relembra que os dois eram apenas "colegas de trabalho".

"Só vi ele uma vez na academia, nos falamos normal, sem muita festa, com respeito. A gente se via todo dia, era um colega de trabalho com muita bagagem. Sempre fui lá aprender com ele, pois era campeão. Nossos filhos são amigos, às vezes, encontrava ele nas festas de crianças. Não éramos amigos, tão íntimos, mas era um bom colega de trabalho"

Participe da conversa!
0

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.