Após massacrar o ex-campeão interino dos leves Tony Ferguson, o paulista Charles do Bronx ressaltou que seu próximo desafio deve ser pelo cinturão da categoria. E o adversário deve sair do confronto entre o irlandês Conor McGregor e o americano Dustin Poirier, que se enfrentam em janeiro do ano que vem.

"Sou o próximo desafiante. Não tem outro caminho a ser tomado. Venho de oito vitórias seguidas e vou esperar por McGregor ou Poirier. É isso", disse Do Bronx, em entrevista coletiva, após o UFC 256.

Tudo sobre o mundo das lutas

O paulista admitiu que um confronto frente ao irlandês Conor McGregor renderia mais dinheiro. Porém, garantiu que aguarda por qualquer um dos dois atletas. "A gente sabe que uma luta com o Conor envolve muitas coisas, muito dinheiro, e precisamos disso também. Mas, meu sonho é ser campeão, qualquer um que vier, estarei pronto", frisou.

Com o triunfo sobre Ferguson, Do Bronx contabiliza 30 vitórias e apenas oito derrotas na carreira.

Participe da conversa!
0