O baiano Carlos Boi completou 26 anos na última terça-feira e comemorou de forma atípica. Focado em seu próximo desafio no UFC Ilha da Luta 7, o peso-pesado está em fase de perda de peso, já que enfrenta o australiano Justin Tafa, neste sábado, a partir das 14h (horário de Brasília), em Abu Dhabi.

Para poder "fazer a festa" no fim de semana, o brasileiro espera sair com o triunfo e com um bônus após o combate. "Meu presente chega sábado. Eu espero que ele seja um bônus, com Performance ou Luta da Noite. Vou pedir ao tio Dana (White) esse presente depois da luta, mas claro que tenho que fazer por merecer e estou confiante que vem o nocaute", disse Boi à Ag. Fight.

Carlos Boi busca sequência de vitórias

Carlos Boi chega para a sua terceira luta na organização. Após estrear com uma derrota polêmica para Sergey Spivak, o baiano se recuperou no ano passado no confronto frente a Yorgan de Castro. Para confirmar o bom momento, o peso-pesado pega um atleta pouco experiente. No MMA profissional, Tafa fez apenas cinco lutas, com quatro vitórias e uma derrota.

"Vou fazer um jogo mais solto. Uma versão melhorada do Carlos Boi. Vou abrir um arsenal de golpes maior, pois o estilo do Tafa permite isso", ressalta o baiano. Além dele, a paulista Vanessa Melo também representa o Brasil no primeiro UFC do ano.

Participe da conversa!
0