Vamos às notas de Coritiba x Corinthians, vencido pelo Timão por 1x0, nesta quarta-feira (25), no Couto Pereira, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Coritiba

Wilson: Sem chance no pênalti, ainda fez uma defesa difícil - 7.

Maílton: Ainda não entrou no ritmo no Coriitba - 5,5.

Rhodolfo: Totalmente fora de forma, errou lances simples - 5.

Sabino: Corre, marca por dois ou três, vai ao ataque. Mas não pode fazer milagres - 6,5.

William Matheus: Sofreu no primeiro tempo para marcar Fagner. Cometeu muitos erros técnicos - 5.

Matheus Sales: Na dele, foi bem - 6,5. Matheus Galdezani entrou e melhorou o time - 6,5.

Matheus Bueno: Sentiu a falta de jogo - 5,5. Osman aprontou uma correria nos últimos minutos - 5,5.

Mattheus Oliveira: Não conseguiu dar ritmo ao meio-campo - 5. Pablo Thomaz entrou no intervalo e viu como é difícil ser centroavante do Coritiba - 6.

Rafinha: Fez mais do que se podia esperar dele. Tirando a falta de ritmo, carregou o Coxa nas costas - 7,5.

Robson: Tecnicamente muito mal, talvez o pior jogo dele na temporada - 4,5. Brayan Lucumí o substituiu e foi daquele jeito - 5.

Giovanni Augusto: Talvez querendo mostrar que foi injustiçado pelo Corinthians, quis fazer tudo. E acabou errando tudo - 4,5. Sarrafiore entrou por pouco tempo - sem nota.

Rodrigo Santana: Está demorando a encontrar uma base e com tremendas dificuldades para administrar a crise de confiança do Coritiba - 5.

Corinthians

Walter: Não precisou fazer nenhuma intervenção importante - 6.

Fagner: Tecnicamente e taticamente o melhor em campo - 7,5.

Bruno Méndez: Muito seguro, começa a pegar ritmo como titular do Corinthians - 7.

Gil: A tranquilidade e a liderança que já é conhecida - 6,5.

Fábio Santos: Tranquilo, tomou conta de seu setor - 7.

Xavier: Discreto, apenas marcou - 5,5. Saiu para a entrada de Ederson no finalzinho - sem nota.

Gabriel: Teve espaço até para tentar chutes a gol - 6. Camacho entrou por pouco tempo - sem nota.

Roni: Foi o chamado "secretário de lateral", facilitando a vida de Roni - 6,5. Gabriel Pereira o substituiu e cumpriu o mesmo papel -5,5.

Lucas Piton: Taticamente muito bem, apesar de uma ou outra engrossada - 6,5. Everaldo entrou em seu lugar e foi mal - 4,5.

Luan: Ainda não recuperou o bom futebol, mas teve atuação importante - 6,5. Saiu para a entrada de Cazares, que não pegou na bola - 5.

: Longe do ideal, ao menos segurou a marcação na frente - 5,5.

Vágner Mancini: Conseguiu arrumar taticamente o Corinthians - 6,5.

Participe da conversa!
0