O ranking do Brasileirão 2018 de times mais beneficiados e prejudicados pelos árbitros da Série A é baseado em avaliação dos lances polêmicos feita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com a Comissão de Arbitragem da organização. Levantamento que é divulgado pela entidade após as rodadas do Nacional da Primeira Divisão. Até a 31ª rodada, foram computados 48 jogos com erros decisivos de arbitragem (15,5% do total), conforme a própria chefia do apito nacional.

RANKING BRASILEIRÃO 2017: Veja qual foi o time mais beneficiado e o mais prejudicado pelos árbitros

Até então, com a análise de 31 rodadas, Grêmio e Internacional aparecem como os time com mais erros dos árbitros a seu favor, com sete, segundo as publicações da CBF. Na segunda posição estão Ceará e Corinthians, com cinco erros favoráveis.

Em seu site, a CBF relata qual foi a atitude do juiz na jogada e, de acordo com a regra, o que deveria ter sido apontado – também é exibido o vídeo do momento. A iniciativa expõe ainda situações em que o trio de arbitragem agiu com correção e até de forma didática no Brasileirão.

Para a criação do ranking, ficam de fora as publicações da CBF que não apontam prejuízo ou benefício grave por intervenção do trio (como um impedimento sem perigo evidente de gol). Entram somente equívocos dos árbitros em lances capitais: gol, pênalti ou expulsão de jogador.

Não se trata de um estudo que compreenda todos os lances discutíveis da competição. Mesmo assim, é uma análise importante, oficial, feita pela organizadora do Brasileirão, abrangendo as passagens mais relevantes da disputa.

Veja abaixo, segundo a CBF, os times mais prejudicados, mais beneficiados e os erros em questão.

Colaborou: Isabela Starepravo

TIMES MAIS BENEFICIADOS PELOS ÁRBITROS

⚽ Grêmio, Inter – 7 vezes
⚽ Ceará, Corinthians – 5 vezes
⚽ Chapecoense, Flamengo, Cruzeiro – 4 vezes
⚽ Vasco, Sport, Santos, Bahia, Atlético-MG – 3 vezes
Palmeiras, Paraná, Vitória – 2 vezes
Atlético-PR, São Paulo, Botafogo, América-MG – 1 vez

TIMES MAIS PREJUDICADOS PELOS ÁRBITROS NO BRASILEIRÃO

⚽ Cruzeiro – 6 vezes
⚽ Santos, Palmeiras, Corinthians, Vitória – 5 vezes
⚽ Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo – 4 vezes
⚽ América-MG, Fluminense, São Paulo, Vasco – 3 vezes
⚽ Flamengo, Grêmio, Internacional– 2 vezes
América-MG, Bahia, Paraná, Chapecoense, Ceará – 1 vez

LANCES DE EQUÍVOCOS DOS ÁRBITROS

1ª Rodada: Vitória 2×2 Flamengo
Pênalti mal marcado para o Vitória.
Gol ilegal validado para o Flamengo.

1ª rodada: Vasco 2×1 Atlético-MG
Jogador do Vasco não foi expulso em jogada violenta.

2ª rodada: Palmeiras 1×0 Internacional
Gol do Inter mal anulado por impedimento.

3ª rodada: Palmeiras 0x0 Chapecoense
Gol do Palmeiras mal anulado por impedimento.

3ª rodada: Fluminense 1×1 São Paulo
Pênalti não marcado para o Fluminense.

3ª rodada: América-MG 2×1 Vitória
Pênalti não marcado para o América-MG.

4ª rodada: Corinthians 1×1 Ceará
Pênalti não marcado para o Corinthians.

5ª rodada: Ceará 2×2 América-MG
Gol do Ceará validado incorretamente. Havia impedimento.
Pênalti mal marcado para o Ceará.

6ª rodada: Flamengo 1×1 Vasco
Havia impedimento na origem da jogada que resultou no gol do Flamengo.

7ª rodada: Paraná Clube 0x0 Atlético-PR
Pênalti não marcado para o Atlético-PR.

7ª rodada: Ceará 0x1 Grêmio
Pênalti não marcado para o Grêmio.

9ª rodada: Atlético-MG 3×3 Chapecoense
Pênalti não marcado para o Atlético-MG.

10ª rodada: Fluminense 0x2 Flamengo
Jogador do Flamengo não foi expulso em jogada violenta.

10ª rodada: Cruzeiro 1×1 Vasco da Gama
Dois pênaltis não marcados para o Cruzeiro.

10ª rodada: América-MG 1×3 Atlético-MG
Jogador do América-MG não foi expulso em jogada violenta.

11ª rodada: Chapecoense 2×0 Cruzeiro
Gol da Chapecoense validado incorretamente. Atacante tocou com o braço na bola.

11ª rodada: Flamengo 2×0 Paraná
Pênalti não marcado para o Paraná.

11ª rodada: Santos 1×2 Internacional
Pênalti marcado incorretamente para o Internacional.
Pênalti marcado incorretamente para o Santos.

13ª rodada: Atlético-PR 2×2 Internacional
Gol do Internacional validado incorretamente. Atacante tocou com o braço na bola.

13ª rodada: Vitória 1×0 Paraná
Pênalti não marcado para o Vitória.

14ª rodada: São Paulo 3×1 Corinthians
Gol do Corinthians validado incorretamente. Atacante tocou com o braço na bola.

14ª rodada: Cruzeiro 2×1 Atlético-PR
Gol do Cruzeiro mal anulado por impedimento.
Gol do Cruzeiro validado incorretamente. Havia impedimento.

16ª rodada: Cruzeiro 0x2 São Paulo
Pênalti não marcado para o São Paulo.

16ª rodada: Chapecoense 1×1 Grêmio
Gol validado incorretamente para a Chapecoense. Havia impedimento.

16ª rodada: Bahia 2×2 Atlético-MG
Gol validado incorretamente para o Bahia. Havia impedimento.
Pênalti não marcado para o Bahia.

17ª rodada: Botafogo 0x0 Santos
Gol mal anulado do Botafogo com impedimento.

17ª rodada: Fluminense 1×1 Bahia
Gol impedimento do Bahia.

17ª rodada: Grêmio 2×0 Flamengo
Pênalti mal marcado para o Grêmio: bola na mão.

17ª rodada: Vitória 1×1 Cruzeiro
Árbitro deixa de expulsar jogador do Cruzeiro por falta violenta.

18ª rodada: Atlético-MG 3×1 Santos
Pênalti não marcado para o Santos.

18ª rodada: Ceará 0x0 Atlético-PR
Jogador do Ceará deveria ter sido expulso, mas tomou amarelo.

18ª rodada: Chapecoense 2×1 Corinthians
Árbitro deixa de expulsar goleiro do Corinthians.

19ª rodada: Santos 3×0 Sport
Gol legal do Santos anulado por impedimento inexistente. 

21ª rodada: Atlético-PR 2 x 1 Grêmio

Jogador do Grêmio segura defensor e simula pênalti. Árbitro cai na artimanha.

22ª rodada: Grêmio 4 x 0 Botafogo

Quando o jogo estava 1 a 0 para o Grêmio, jogador do Botafogo é segurado na área, mas juiz não marca o pênalti.

23ª rodada: Santos 0 x 0 Grêmio

Jogador gremista ao disputar a bola atinge seu adversário com um pontapé dentro da área penal. Árbitro nada marca.

24ª rodada: Sport 0 x 0 Cruzeiro

Após cruzamento, jogador do Cruzeiro cabeceia ao gol, bola rebota no poste e sobra para o companheiro do atacante finalizar em gol. Árbitro e árbitro assistente marcam de forma errada o impedimento.

24ª rodada: Palmeiras 1 x 0 Corinthians

Segundo a CBF, um erro duplo na mesma jogada. Jogador do Corinthians chuta seu adversário ao tentar jogar a bola dentro de sua área penal; na sequência, no limite da área penal, outro corintiano chuta seu adversário ao tentar jogar a bola. Em ambos os lances, árbitro nada marca.

26ª rodada: Corinthians 1 x 1 Internacional

Em impedimento, Leandro Damião recebe a bola de seu companheiro após cobrança de falta e finaliza em gol. Árbitro e assistente validam gol.

27ª rodada: Botafogo 2 x 2 São Paulo

Zagueiro do Botafogo entra atinge, com as travas da chuteira, coxa do jogador do São Paulo. Pela regra deveria ser expulso, porém árbitro manda o jogo seguir.

27ª rodada: América-MG 0 x 0 Corinthians

Houve uma ação faltosa dentro da pequena área por parte do jogador do América-MG. Árbitro nada marca, porém deveria ter sido marcado tiro penal para o Corinthians.

27ª rodada: Internacional 2 x 1 Vitória

Impedimento erroneamente marcado anulou um gol legal do Vitória.

27ª rodada: Palmeiras 3 x 1 Cruzeiro

Jogador do Palmeiras coloca a mão na bola fora da área. Equivocadamente o árbitro marca um pênalti a favor do Cruzeiro.

28ª rodada: Vitória 0 x 1 Santos

Jogador do Vitória utiliza dos braços na disputa de bola e acerta com o braço aberto a cabeça do seu adversário. Árbitro marca tiro livre direto e aplica erradamente o cartão vermelho.

30ª rodada: Botafogo 0 x 1 Bahia

Jogador do Bahia recebe a bola lançada pelo seu companheiro e, com uma cabeçada, finaliza impedido em gol. Árbitro e árbitro assistente nada marcam, validam o gol.

31ª rodada: Vasco 1 x 1 Internacional

Dois lances.

Bola lançada na área, defensor do Inter ao disputar a bola atinge com o braço seu adversário. Árbitro nada marca.

Jogador defensor do Inter ao tentar disputar a bola, porém desloca seu adversário de forma imprudente dentro de sua área penal. Árbitro nada marca.

31ª rodada: Ceará 2 x 1 Atlético-MG

Gol do Atlético-MG estava impedido.

 

Participe da conversa!
0