Lançado oficialmente na última terça-feira (28), o PES 2019 chegou ao mercado com uma importante ausência: a seleção brasileira aparece licenciada, com emblema e uniformes reais, mas todo o elenco de atletas é genérico.

Ao invés do astro Neymar, por exemplo, é o jogador fake G. Valente quem ostenta a camisa 10 da amarelinha. O personagem carrega os mesmos 93 pontos de Neymar nos stats, mas sua aparência é totalmente diferente.

O problema é recente e pegou a produtora Konami de surpresa, explicou à Gazeta do Povo o gerente de marca do PES nas Américas, André Bronzoni.

“A CBF não é detentora do licenciamento da camisa da seleção. Ela licenciou isso para a Nike, que é responsável pelo direito de imagem dos jogadores e também por toda a parte têxtil da CBF… A Nike descontinuou o departamento de licença deles basicamente um mês antes de o jogo ser lançado. Isso criou um baita problema pra gente”, explicou.

“Temos contrato com a Nike já há um bom tempo e não imaginávamos que precisaríamos fazer o licenciamento de jogador a jogador de novo para a seleção brasileira. Vamos trabalhar para conseguir para fazer esse licenciamento. É um trabalho que não é fácil”, completou Bronzoni.

E a situação da seleção brasileira é ainda pior no FIFA 19, que será lançado no fim de setembro. A equipe não apareceu na versão beta do jogo e também ficará fora da versão completa.

A reportagem apurou com a assessoria de imprensa da CBF que não há acordo de licenciamento entre a EA Sports, produtora do jogo, e a entidade máxima do futebol nacional. Portanto, a seleção que mais vencedora do mundo sumirá completamente do videogame.

Ao menos no PES, o sumiço dos jogadores pode ser corrigido manualmente pelos usuários. Todos os atletas reais da seleção estão licenciados e com faces digitalizadas em seus clubes de origem. Assim, basta copiá-los no lugar dos genéricos e o problema está resolvido.

***

>> Tabela detalhada do Brasileirão revela os ‘queridos’ da Globo

>>Globo lança pay-per-view de futebol pela internet a R$ 79,90

>> Ranking Brasileirão: os mais prejudicados e ajudados pela arbitragem

>> Ranking do calote: estudo revela clubes mais endividados do Brasileirão

>> Entenda critérios da Globo para transmissão de jogos do Brasileirão

>> Quanto seu clube irá ganhar de cota da Globo no Brasileirão 2019

>> Mercado da bola: quem seu time está contratando para o Brasileirão

>> Mercado da bola internacional: confira as negociações na janela da Europa

>> TABELA: confira todos os resultados e classificação da Série A

Participe da conversa!
0