Daniel Castellano / Gazeta do Povo
Chick Jeitoso executando em frente à Vila Capanema o maior desafio de sua carreira: salvar o Paraná da queda

A situação no Paraná realmente não está fácil. Rebaixado no Paranaense dentro de campo e com o presidente Aquilino Romani licenciado do cargo, o Tricolor se apega aos tribunais – aguardando uma punição ao Rio Branco – para escapar do descenso.

Vale tudo para tentar levar bons fluidos ao clube. Cumprindo o que anunciou no início da semana, o bruxo Chick Jeitoso esteve em frente à Vila Capanema na manhã desta sexta-feira (29).

Cachimbo, velas azuis, vermelhas e brancas, fumaça, dança… Todo o ritual de macumba foi montado pelo feiticeiro, que jura ter ajudado o presidente americano Barack Obama a se eleger. “Até o meu serviço o Barack tinha só 3% dos votos, mas depois ele inverteu isso”, garante Chick Jeitoso.

Mas a tarefa não fai ser fácil. Ao ponto de Jeitoso afirmar que livrar o Paraná da queda é a macumba mais difícil em 29 anos de feitiçaria. “A Vila está muito cheia de energia negativa”, explica.

Para dificultar ainda mais o desafio, nem tudo saiu como planejado nesta sexta. O trabalho sofreu atraso de 20 minutos, o que pode ter efeito negativo na mandinga. Programada para começar às 10h07 (pela numerologia, o 1 à frente é para o Tricolor voltar a ser o primeiro e o 7 é o número da sorte), o trabalho pode não dar certo.

Se isso compromete o trabalho? Chick Jeitoso não sabe, mas garante que deu o melhor de si, atendendo ao pedido de torcedores paranistas que o procuraram. “Não posso garantir. Como já disse, é o trabalho mais difícil da minha carreira”, enfatiza Jeitoso.

O torcedor do Paraná só espera que, ao contrário da reação do time dentro de campo, o fluxo de energia positiva não chegue tarde demais. É aguardar para ver…

Participe da conversa!
0